• Informações

Centro de Apoio Social e Acolhimento – C.A.S.A.

Área geográfica: Ribeira Grande, ilha de São Miguel – Açores

 

Âmbito de atuação: Inclusão Social, integração de crianças e jovens da Ribeira Grande

 

Projeto: Implementação de uma sala Snoezelen,  equipada com material para estimulação sensorial de crianças, jovens e idosos. As salas Snoezelen têm como principal objetivo a estimulação sensorial e a diminuição dos níveis de ansiedade e de tensão através do relaxamento.

Inovar Autismo – Associação de Cidadania e Inclusão

Área geográfica: Região Lisboa e Vale do Tejo (Distritos de Setúbal, Lisboa e Santarém), Região Alentejo

 

Âmbito de atuação: Empreendedorismo e Fomento ao emprego, inclusão social, incapacidade

 

Projeto: Promover a inclusão das crianças, jovens e adultos/as autistas nas suas comunidades de pertença, constituindo-se igualmente como um apoio no âmbito da habilitação e capacitação.

Todos os projetos da Inovar Autismo estão desenhados procurando a promoção dos direitos humanos, acessibilidade, autorrepresentação e autodeterminação do público a quem se destinam.

Teatro Metaphora - Associação de Amigos das Artes

Área geográfica: Câmara de Lobos (Madeira)

 

Âmbito de atuação: Ambiente, inclusão social

 

Projeto: O Projeto GREEN STEPS desenvolve atividades aliadas à sensibilização e intervenção ambiental, de entre as quais se destacam as instalações artísticas, transformando lixo em obras de arte. Com o objetivo de consciencializar para o uso sustentável dos recursos, envolve a comunidade local no processo criativo.

Confiar – Associação de Reinserção Social, Portugal

Área geográfica: Bairro de Alcoitão, da Adroana e da Cruz Vermelha em Cascais

 

Âmbito de atuação: Empreendedorismo e fomento ao emprego, apoio a coletivos com dificuldades económicas

 

Projeto: O projeto “Barbearia do Bairro” visa assegurar a reinserção profissional dos seus utentes e  promover a prevenção da criminalidade na comunidade, através da criação de uma barbearia “sobre rodas”, por forma a possibilitar deslocações entre bairros/localidades/freguesias, com especial enfoque em escolas e lares de idosos, e alcançar o maior número possível de pessoas, disseminando a voz da prevenção da criminalidade.

Palhaços d'Opital - Associação Cultural sem fins lucrativos

Área geográfica: Matosinhos, Coimbra, Viseu, Aveiro e Figueira da Foz

 

Âmbito de atuação: Cuidado a idosos, melhoria da saúde


Projeto: Levar o trabalho e a missão dos Doutores Palhaço a adultos e com foco nos Idosos, em ambiente hospitalar, através de visitas semanais e regulares a 5 hospitais:  Unidade Local de Saúde de Matosinhos, IPO de Coimbra, Centro Hospitalar Tondela Viseu, Hospital Distrital da Figueira da Foz e Centro Hospitalar Baixo Vouga (Aveiro).

Centro Social e Cultural de São Pedro da Torre

Área geográfica: São Pedro da Torre, Valença do Minho

Âmbito de atuação: Cuidado a idosos

 

Projeto: Estrutura residencial para idosos em fase de construção, que contará, também, com o serviço de apoio domiciliário. Pretende-se investir numa carrinha de apoio domiciliário.

Convide os seus amigos a participar

Banca Responsável

Estamos comprometidos com o desenvolvimento da sociedade, atuando de forma simples, próxima e justa. A nossa missão é contribuir para o desenvolvimento das pessoas e das empresas, apoiando um crescimento inclusivo e sustentável. 

Informação útil e documentação

Notas:

Se este projeto for um dos 6 selecionados para colocar à votação final, o banco poderá solicitar mais informação para permitir uma votação mais consciente.

 

Ao enviar o email com os dados de candidatura está a aceitar as condições do regulamento deste prémio, as quais não sendo respeitadas podem levar à exclusão da candidatura.

 

O comité que o banco designou para a seleção das candidaturas reserva-se o direito de aplicar os critérios do prémio, não sendo obrigado a prestar qualquer esclarecimento sobre as escolhas a efetuar.

 

Em cada trimestre, o projeto vencedor será apoiado financeiramente, através de um donativo no valor de 5 000€ (cinco mil euros), a ser atribuído pelo banco após o envio do recibo de donativo e de um relatório de seguimento com indicação do número de pessoas apoiadas com o referido apoio.

 

O segundo projeto mais votado receberá um apoio de 2 500€ (dois mil e quinhentos euros), a ser atribuído pelo banco após o envio do recibo de donativo e de um relatório de seguimento com indicação do número de pessoas apoiadas com o referido apoio.

 

As entidades dos projetos vencedores estão sujeitas à verificação da boa aplicação do prémio, podendo ser exigida a devolução do mesmo em caso de incumprimento.