bem-estar

Muito além do sabor: conheça os 9 benefícios do café

24 ago 2023 | 4 min de leitura

O café é uma bebida milenar, que transcende fronteiras. Tão comumente presente, muitas vezes esquecemo-nos de que pode, de facto, trazer benefícios para a saúde. Saiba quais.

O aroma inconfundível, a intensidade do sabor e o calor reconfortante. O café é muito mais do que uma simples bebida: é uma parte essencial de muitas rotinas diárias, que para além de dar aquele impulso de energia necessário também proporciona momentos de prazer e relaxamento. No entanto, por trás do prazer gustativo, há um mundo de benefícios que o café oferece ao nosso organismo.

 

 

Mais o que uma bebida, um estilo de vida

Nos últimos anos, observamos uma tendência notável no aumento do consumo de café que vai muito além do simples ato de saciar a sede por cafeína. Esta ascensão no interesse pelo café está intrinsecamente ligada ao estilo de vida moderno, onde existe uma procura por eficiência, produtividade e experiências sensoriais. A contribuir para este fenómeno, estão as máquinas de café que têm evoluído consideravelmente para atender às crescentes expectativas dos apreciadores desta bebida. Desde máquinas repletas de funcionalidades, para um café mais pormenorizado, a máquinas mais simples, como as cafeteiras de café com o seu charme vintage e descomplicado, as opções são vastas.

 

 

Composição-chave do café

O diferencial do café está na sua composição complexa de substâncias que desempenham papéis fundamentais na experiência que este proporciona. No cerne desta bebida estimulante está, claro, a cafeína: um composto pertencente ao grupo das xantinas, que age como um potente estimulante do sistema nervoso central.

 

A cafeína não proporciona apenas aquela sensação revigorante que muitos de nós procuramos pela manhã, mas também é responsável por aumentar a nossa capacidade de concentração, melhorar o estado de alerta e, até mesmo, elevar o humor. Conheça todos os benefícios abaixo.

 

 

9 benefícios do café para o seu organismo

1. Estimulação mental e aumento da concentração

Esta é aquela que mais associamos ao consumo de café. A cafeína, um composto estimulante do sistema nervoso central, é reconhecida pelas suas propriedades estimulantes, que proporcionam um aumento notável no estado de alerta, além de ajudar a melhorar a memória, aumentar a capacidade de concentração e diminuir o sono.

 

2. Poder antioxidante e proteção celular

O café é uma fonte significativa de antioxidantes, que são moléculas que combatem os radicais livres no nosso corpo. Estes radicais livres são instáveis e podem causar danos às células e ao DNA, contribuindo para o envelhecimento precoce e o desenvolvimento de doenças crónicas. Os antioxidantes presentes no café, como os ácidos clorogénicos, auxiliam na neutralização destes radicais livres, desempenhando um papel importante na manutenção da saúde celular e no combate ao stress oxidativo.

 

3. Saúde cardiovascular e redução de riscos

Diversos estudos têm sugerido uma relação entre o consumo moderado de café e a redução do risco de doenças cardiovasculares, incluindo derrames e doenças coronárias. Acredita-se que os antioxidantes e outros compostos bioativos presentes no café possam ajudar a melhorar a função dos vasos sanguíneos, reduzir a inflamação e, até mesmo, influenciar positivamente os níveis de colesterol. Por outras palavras: consumir café com moderação pode ser uma escolha inteligente para manter a saúde do coração.

 

4. Melhoria no desempenho físico e resistência

A cafeína, mais uma vez, assume um papel de destaque quando se trata do desempenho físico. Com a capacidade de estimular o sistema nervoso, o resultado é uma libertação de adrenalina que pode levar a uma melhoria na mobilização dos ácidos graxos do tecido adiposo, fornecendo uma fonte adicional de energia durante exercícios prolongados. Portanto, consumir café antes de atividades físicas pode ajudar a aumentar a resistência e a eficiência.

 

5. Contribuição para a prevenção de doenças crónicas

Novas pesquisas indicam que o consumo moderado de café pode estar relacionado com a redução do risco de certas doenças crónicas, como diabetes tipo 2 e, até mesmo, o Alzheimer. Os compostos antioxidantes e anti-inflamatórios presentes no café podem desempenhar um papel importante na proteção contra processos degenerativos no cérebro e no controlo dos níveis de glicose no sangue.

 

6. Prevenção de doenças neurodegenerativas

Estudos sugerem que o café é importante na prevenção de doenças neurodegenerativas, como a doença de Parkinson. Alguns compostos desta bebida têm demonstrado a capacidade de proteger as células cerebrais e reduzir o risco de desenvolvimento de distúrbios neurológicos.

 

7. Aspectos sociais e bem-estar emocional

O café não é apenas uma bebida. Muitas vezes, é um catalisador social que nos reúne em momentos de relaxamento e promove conexões sociais. Ainda, o consumo moderado de café tem sido associado a um menor risco de depressão, contribuindo para um estado emocional mais positivo.

 

8. Benefícios para o sistema digestivo

Além de estimular a mente e o corpo, o café também pode auxiliar o sistema digestivo, contribuindo para o combate da prisão de ventre. A cafeína estimula os músculos do intestino, promovendo um movimento mais eficiente dos alimentos pelo trato digestivo e aliviando problemas de obstipação.

 

9. Alívio de dores de cabeça e enxaquecas

A cafeína pode ser eficaz no alívio de dores de cabeça e enxaquecas. Esta pode atuar nos vasos sanguíneos dilatados, causadores das enxaquecas, e também aumentar a absorção de analgésicos no corpo.

 

 

Equilíbrio e consumo consciente

É importante ressaltar que, apesar dos diversos benefícios listados acima, o consumo de café deve ser equilibrado. O exagero na ingestão de cafeína pode levar a efeitos colaterais como ansiedade, insónia e palpitações. A moderação é fundamental para usufruir dos benefícios sem comprometer a sua saúde.

 

 

Qual a dose diária recomendada?

A dose diária recomendada varia, mas a maioria dos especialistas concorda que até 400 miligramas de cafeína por dia - o equivalente a cerca de quatro chávenas de café de tamanho médio - é uma quantidade segura para a maioria das pessoas. No entanto, é importante levar em consideração fatores individuais, como sensibilidade à cafeína e possíveis e condições específicas de saúde. Encontrar o equilíbrio entre os benefícios e a moderação é fundamental para desfrutar plenamente dos prazeres e vantagens que o café oferece.

 

 

 

Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

Achou este artigo útil?

Queremos continuar a trazer-lhe artigos úteis.

Obrigado pela sua opinião!

A sua ajuda é importante.

Salto Santander

Obrigado pela sua opinião!

Salto Santander widget seguro de saúde

A sua saúde não pode esperar

Conheça as vantagens do nosso seguro de saúde

Seguro Saúde

Informação de tratamento de dados

O Banco Santander Totta, S.A. é o responsável pelo tratamento dos dados pessoais recolhidos.

O Banco pode ser contactado na Rua da Mesquita, 6, Centro Totta, 1070-238 Lisboa.

O Encarregado de Proteção de Dados do Banco poderá ser contactado na referida morada e através do seguinte endereço de correio eletrónico: privacidade@santander.pt.

Os dados pessoais recolhidos neste fluxo destinam-se a ser tratados para a finalidade envio de comunicações comerciais e/ou informativas pelo Santander.

O fundamento jurídico deste tratamento assenta no consentimento.

Os dados pessoais serão conservados durante 5 anos, ou por prazo mais alargado, se tal for exigido por lei ou regulamento ou se a conservação for necessária para acautelar o exercício de direitos, designadamente em sede de eventuais processos judiciais, sendo posteriormente eliminados.

Assiste, ao titular dos dados pessoais, os direitos previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados, nomeadamente o direito de solicitar ao Banco o acesso aos dados pessoais transmitidos e que lhe digam respeito, à sua retificação e, nos casos em que a lei o permita, o direito de se opor ao tratamento, à limitação do tratamento e ao seu apagamento, direitos estes que podem ser exercidos junto do responsável pelo tratamento para os contactos indicados em cima. O titular dos dados goza ainda do direito de retirar o consentimento prestado, sem que tal comprometa a licitude dos tratamentos efetuados até então.

Ao titular dos dados assiste ainda o direito de apresentar reclamações relacionadas com o incumprimento destas obrigações à Comissão Nacional da Proteção de Dados, por correio postal, para a morada Av. D. Carlos I, 134 - 1.º, 1200-651 Lisboa, ou, por correio eletrónico, para geral@cnpd.pt (mais informações em https://www.cnpd.pt/).

Para mais informação pode consultar a nossa política de privacidade (https://www.santander.pt/politica-privacidade).