família

Ideias de atividades e prendas para o Dia Mundial dos Avós

14 jul 2023 | 6 min de leitura

Quer celebrar o Dia Mundial dos Avós em grande? Conheça as nossas sugestões de atividades em família e prendas originais para oferecer.

Avós e netos têm bastante a aprender uns com os outros. Enquanto os mais velhos podem passar conhecimento adquirido ao longo dos anos, os mais novos podem ajudar os avós a manterem-se atualizados no que diz respeito a novas tecnologias e tendências. Conheça as nossas sugestões para o Dia Mundial dos Avós.

 


Em que dia se celebra o Dia Mundial dos Avós

Em 2023, o Dia Mundial dos Avós e dos Idosos será celebrado no dia 23 de julho.

 

Este dia foi instituído pelo Papa Francisco em 2021, com o objetivo de chamar a atenção para que avós e idosos não sejam esquecidos e para recordar os jovens de que é importante dedicar-lhes tempo e ouvir o que têm para ensinar. No primeiro ano, foi comemorado a 26 de julho. Desde então, o Dia Mundial dos Avós passou a ser celebrado no quarto domingo do mês de julho.

 

 

A importância dos avós na vida dos netos (e vice-versa)

Os avós podem desempenhar muitos papéis importantes na vida dos netos. Dependendo da distância a que vivem, e de outras circunstâncias, são cuidadores, professores e companheiros de brincadeiras.

 

Quando netos e avós têm um relacionamento próximo, são fontes inesgotáveis de conhecimento e de amor. Os avós podem ser fontes de conhecimento e experiência para os netos, contar histórias de vida e episódios recentes e antigos sobre a família. Os netos também podem ensinar – e muito – aos avós, mantendo-os atualizados em relação às novidades e introduzindo-os à tecnologia mais recente.

 

 

4 atividades para o Dia dos Avós

Se está sem ideias, deixamos-lhe quatro sugestões que podem ser realizadas no Dia Mundial dos Avós (ou em qualquer outra altura). Conheça ainda as nossas sugestões de atividades para realizar em família.

 

 

Cozinhar uma receita de família

Cozinhar uma refeição juntos pode ser uma ótima (e divertida!) forma de passar tempo de qualidade, melhorar a relação entre avós e netos e partilhar conhecimento geracional. Se tem uma receita de família, cozinhe-a com os netos. Se ainda forem pequenos, podem pesar os ingredientes, colocá-los em recipientes, mexer, testar o sabor e ajudar a limpar a cozinha no final. As crianças mais velhas e adolescentes podem participar em todas as etapas, incluindo comprar ingredientes, preparar os alimentos e cozinhar. Da mesma forma, se os netos tiverem uma receita predileta, podem ensiná-la aos avós.

 

 

Contar histórias da família

Partilhar a história da família através de relatos reais ajuda as crianças a manterem uma ligação positiva com as gerações anteriores e a descobrirem as suas raízes. Pode ilustrar a história com fotografias ou objetos significativos. Embora cada família tenha experiências únicas, os netos gostam de ouvir relatos da infância dos avós (como eram os tempos antes de existirem telemóveis ou internet), como é que o avô e a avó se conheceram, o dia em que os seus pais nasceram e como eram em crianças.

 

 

Jogar o videojogo preferido dos netos

Os netos também têm muito para ensinar aos avós. Neste campo, os jogos de consola podem ser uma forma de unir diferentes gerações, promover a socialização entre avós e netos e ajudar a estreitar o vínculo entre familiares. Aliás, um estudo publicado no Sage Journals revelou que jogar videojogos promove relacionamentos e ligações, ao mesmo tempo que produz emoções positivas entre avós e netos. Serão memórias que acompanharão os mais novos para sempre.

 

 

Fazer a árvore genealógica

Uma árvore genealógica é um gráfico que representa os antepassados de uma pessoa, as relações familiares e como as gerações estão ligadas ao longo dos anos. Fazer uma árvore genealógica traz vários benefícios para os mais novos, como, por exemplo, ajudá-los a construir a sua identidade, desenvolver interesse pela história da família e a estreitar o relacionamento entre avós e netos.

 

 

Ideias de prendas para avós

Faltam-lhe ideias de prendas para oferecer no Dia Mundial dos Avós ou no seu aniversário? Deixamos-lhe algumas sugestões:

 

 

1. Voucher para uma tarefa semanal ou mensal

Se não tem disponibilidade financeira para dar o presente que gostaria aos seus avós, ofereça um voucher com uma tarefa para fazer por eles, tal como aspirar a casa todas as semanas, fazer as compras mensais ou tratar do jardim. Além de os ajudar, irá passar mais tempo com eles.

 

 

2. Álbum de fotografia das suas vidas

Os álbuns de fotografias ajudam-nos a recordar e celebrar momentos importantes da vida. Reúna fotografias antigas dos seus avós (da sua infância, juventude, casamento e filhos), mande restaurá-las e junte com fotografias mais recentes, como por exemplo, da primeira vez que pegaram em si ao colo, festas de aniversário e outros momentos importantes. O objetivo é fazer uma linha do tempo com as reproduções fotográficas de momentos importantes e ajudá-los a recordar o passado.

 

 

3. Fim-de-semana num local de sonho

Os avós também precisam de relaxar e sentir-se bem. Porque não oferecer-lhes uns dias num hotel de luxo ou num spa termal, com todos os tratamentos de bem-estar a que têm direito? Primeiro faça uma sondagem para tentar apurar se há algum local que gostassem de ir. Se não tiverem, tome a iniciativa e escolha um sítio do seu agrado. Lembre-se de acomodar o transporte no presente.

 

 

4. Viagem em família

Nunca é tarde demais para realizar sonhos. Pense num destino que os seus avós gostariam de conhecer, mas nunca tenham tido a disponibilidade financeira ou de tempo para viajar. Junte a família toda (pais, tios, irmãos e primos) e equacione a possibilidade de fazerem essa viagem em conjunto. Estarão a fazer mais uma memória e a realizar um sonho dos avós.

 

 

5. Produto que melhore as suas vidas

Os seus avós precisam de algum objeto que melhore a sua vida? Um smartwatch com o qual consigam acompanhar a pressão arterial ou frequência cardíaca, uma passadeira para se manterem ativos mesmo quando o tempo não está convidativo para sair ou uma televisão nova, porque a atual é antiga e não permite que voltem para trás para ver o programa que perderam. Há muitos objetos que os seus avós podem precisar – ou simplesmente desejar –, mas não têm disponibilidade financeira para comprar. Discretamente, pergunte-lhes o que gostariam de ter e aproveite as promoções e campanhas da Boutique Santander. Nunca se sabe se encontra uma boa oportunidade!

 

 

 

 

Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

Achou este artigo útil?

Queremos continuar a trazer-lhe artigos úteis.

Obrigado pela sua opinião!

A sua ajuda é importante.

Salto Santander

Obrigado pela sua opinião!

Salto Santander widget crédito pessoal

Vai mesmo deixar para amanhã?

Conheça as nossas soluções de crédito pessoal.

Crédito Pessoal

Informação de tratamento de dados

O Banco Santander Totta, S.A. é o responsável pelo tratamento dos dados pessoais recolhidos.

O Banco pode ser contactado na Rua da Mesquita, 6, Centro Totta, 1070-238 Lisboa.

O Encarregado de Proteção de Dados do Banco poderá ser contactado na referida morada e através do seguinte endereço de correio eletrónico: privacidade@santander.pt.

Os dados pessoais recolhidos neste fluxo destinam-se a ser tratados para a finalidade envio de comunicações comerciais e/ou informativas pelo Santander.

O fundamento jurídico deste tratamento assenta no consentimento.

Os dados pessoais serão conservados durante 5 anos, ou por prazo mais alargado, se tal for exigido por lei ou regulamento ou se a conservação for necessária para acautelar o exercício de direitos, designadamente em sede de eventuais processos judiciais, sendo posteriormente eliminados.

Assiste, ao titular dos dados pessoais, os direitos previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados, nomeadamente o direito de solicitar ao Banco o acesso aos dados pessoais transmitidos e que lhe digam respeito, à sua retificação e, nos casos em que a lei o permita, o direito de se opor ao tratamento, à limitação do tratamento e ao seu apagamento, direitos estes que podem ser exercidos junto do responsável pelo tratamento para os contactos indicados em cima. O titular dos dados goza ainda do direito de retirar o consentimento prestado, sem que tal comprometa a licitude dos tratamentos efetuados até então.

Ao titular dos dados assiste ainda o direito de apresentar reclamações relacionadas com o incumprimento destas obrigações à Comissão Nacional da Proteção de Dados, por correio postal, para a morada Av. D. Carlos I, 134 - 1.º, 1200-651 Lisboa, ou, por correio eletrónico, para geral@cnpd.pt (mais informações em https://www.cnpd.pt/).

Para mais informação pode consultar a nossa política de privacidade (https://www.santander.pt/politica-privacidade).