família

Como fazer a inscrição no centro de emprego

18 jul 2023 | 4 min de leitura

Se está sem trabalho e quer ter acesso ao subsídio de desemprego ou às formações disponibilizadas pelo IEFP, tem de se inscrever no centro de emprego. Saiba como fazê-lo.

pessoas vestidas de forma formal sentadas à espera

Seja na sequência de um despedimento ou durante a procura pelo primeiro emprego, há instituições públicas que apoiam o acesso ao mercado de trabalho. Se está a tentar encontrar uma nova oportunidade, a inscrição num centro de emprego vai permitir-lhe encontrar oportunidades de recrutamento, formação e, caso tenha direito, a pedir o subsídio de desemprego.

 

Saiba como fazer a sua inscrição e quais os documentos que precisa de apresentar para concluir o processo.

 

 

O que é um centro de emprego?

Os centros de emprego fazem parte do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), o serviço público de emprego em Portugal. Cada centro de emprego tem como principal missão apoiar cidadãos nacionais e estrangeiros no acesso ao mercado de trabalho. No país, há mais de 80 centros com o objetivo de promover a criação e a qualidade do emprego e combater o desemprego, através da execução de políticas ativas de emprego, nomeadamente de formação profissional.

 

 

Inscrição no centro de emprego: de que documentos vai precisar?

Para se inscrever num centro de emprego com o objetivo de encontrar emprego terá de apresentar os seguintes documentos:

  • Se for cidadão português: Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade acompanhado do cartão da Segurança Social
  • Se for cidadão de um país da União Europeia ou da Islândia, Noruega, Liechtenstein e Suíça: cartão de cidadão do país de origem ou passaporte
  • Se for cidadão de outro país: documento válido que lhe permite residir e trabalhar legalmente em Portugal

 

 

Como fazer a inscrição no centro de emprego?

A inscrição como candidato a emprego pode ser feita presencialmente, num centro de emprego, ou online, através do portal Iefponline.

Inscrição presencial

Pode fazer a inscrição presencial em qualquer centro de emprego existente no território continental. Contudo, a sua inscrição fica sempre associada ao centro de emprego da sua área de residência.

 

Ainda assim, se quiser pedir o subsídio de desemprego ou requerer o Rendimento Social de Inserção, terá de fazê-lo diretamente no serviço de emprego da zona onde vive (pesquisar o seu).

Inscrição online

Para fazer a inscrição online deve aceder ao portal Iefponline. Se já estiver registado, inicie a sessão com os seus dados de acesso. No caso de ainda não ter feito o registo no portal do IEFP, pode fazê-lo com um destes meios de autenticação:

  • Dados de acesso à Segurança Social Direta
  • Cartão de Cidadão, códigos PIN e leitor de cartões
  • Chave Móvel Digital

Assim que tiver sessão iniciada, clique em “Registe-se como candidato” e preencha os campos de candidatura.

 

Assim que tiver sessão iniciada, clique em “Registe-se como candidato” e preencha os campos de candidatura.

 

Adicionalmente, pode pedir o subsídio de desemprego. Neste caso, depois de fazer a inscrição online, será contactado pelo IEFP para ir presencialmente a um centro de emprego entregar os documentos necessários para pedir o subsídio. Se tiver direito, a data de início de pagamento será igual à data em que fez a inscrição online.

 

Lembre-se de que o pedido deve ser apresentado até 90 dias depois da data do desemprego. Saiba como fazê-lo neste artigo.

 

Pode ver como fazer a inscrição no centro de emprego neste vídeo da Agência para a Modernização Administrativa.

 

 

Quem pode inscrever-se no centro de emprego?

Para se poder inscrever no centro de emprego deve cumprir os seguintes requisitos:

  • Ter mais de 16 anos
  • Ter a escolaridade obrigatória (se tiver menos de 18 anos, tem de ter o 12.º ano. Se tiver mais de 18 anos, pode ter qualquer nível de escolaridade)
  • Ter capacidade e disponibilidade para trabalhar

Saiba, ainda, que a inscrição é gratuita.

 

 

Como confirmar se já está inscrito?

No caso de não se lembrar se já se inscreveu no centro de emprego pode confirmá-lo de duas formas. Uma é contactar o serviço de emprego da sua área de residência e fornecer os dados que lhe forem solicitados.

 

Outra possibilidade é confirmar no portal do IEFP. Depois de iniciar sessão, clique no separador “Vista Geral” e veja se a candidatura para emprego está ativa.

 

 

Preciso de ir ao centro de emprego. Posso agendar o atendimento?

Sim, se precisar de ir a um centro de emprego e quiser ter a certeza de que vai ser atendido, pode agendar o atendimento no Portal de Marcações de Atendimento do SIGA ou no portal do IEFP.

 

Depois de fazer a marcação, irá receber um email ou SMS com um comprovativo e um código que terá de utilizar no dia do atendimento para efetuar o check-in no dispensador de senhas.

 

 

Quais as vantagens de estar inscrito no centro de emprego?

Uma das principais vantagens de estar inscrito no centro de emprego é ter acesso a ofertas de emprego às quais se pode candidatar diretamente no portal do IEFP.

 

Além disso, as empresas também podem encontrar o seu perfil quando estiverem à procura de potenciais candidatos para ocuparem uma função específica.

 

Outra das vertentes associada à inscrição no centro de emprego é o acesso às formações e cursos disponibilizados pelo IEFP. Algumas destas formações podem ser frequentadas por pessoas que se encontrem empregadas, mas outras destinam-se apenas a quem está sem trabalho.

 

As ações de formação no âmbito da estratégia Vida Ativa - QUALIFICA+, por exemplo, têm como destinatários adultos desempregados inscritos nos centros de emprego do IEFP e, cumulativamente, inscritos num Centro Qualifica. Para participar neste programa deve ter habilitações escolares iguais ou superiores ao 4.º ano e inferiores ao 9.º ano.
 

 

 

 

Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

Achou este artigo útil?

Queremos continuar a trazer-lhe artigos úteis.

Obrigado pela sua opinião!

A sua ajuda é importante.

Salto Santander

Obrigado pela sua opinião!

Informação de tratamento de dados

O Banco Santander Totta, S.A. é o responsável pelo tratamento dos dados pessoais recolhidos.

O Banco pode ser contactado na Rua da Mesquita, 6, Centro Totta, 1070-238 Lisboa.

O Encarregado de Proteção de Dados do Banco poderá ser contactado na referida morada e através do seguinte endereço de correio eletrónico: privacidade@santander.pt.

Os dados pessoais recolhidos neste fluxo destinam-se a ser tratados para a finalidade envio de comunicações comerciais e/ou informativas pelo Santander.

O fundamento jurídico deste tratamento assenta no consentimento.

Os dados pessoais serão conservados durante 5 anos, ou por prazo mais alargado, se tal for exigido por lei ou regulamento ou se a conservação for necessária para acautelar o exercício de direitos, designadamente em sede de eventuais processos judiciais, sendo posteriormente eliminados.

Assiste, ao titular dos dados pessoais, os direitos previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados, nomeadamente o direito de solicitar ao Banco o acesso aos dados pessoais transmitidos e que lhe digam respeito, à sua retificação e, nos casos em que a lei o permita, o direito de se opor ao tratamento, à limitação do tratamento e ao seu apagamento, direitos estes que podem ser exercidos junto do responsável pelo tratamento para os contactos indicados em cima. O titular dos dados goza ainda do direito de retirar o consentimento prestado, sem que tal comprometa a licitude dos tratamentos efetuados até então.

Ao titular dos dados assiste ainda o direito de apresentar reclamações relacionadas com o incumprimento destas obrigações à Comissão Nacional da Proteção de Dados, por correio postal, para a morada Av. D. Carlos I, 134 - 1.º, 1200-651 Lisboa, ou, por correio eletrónico, para geral@cnpd.pt (mais informações em https://www.cnpd.pt/).

Para mais informação pode consultar a nossa política de privacidade (https://www.santander.pt/politica-privacidade).