Atividades extracurriculares na faculdade

família

A importância das atividades extracurriculares para a faculdade

10 set 2021 | 5 min de leitura

Conhece os benefícios das atividades extracurriculares na faculdade no teu desenvolvimento académico, profissional e pessoal.

Se vais entrar na universidade, prepara-te para um novo mundo de experiências! O foco e empenho académico são um “must”, mas desafia-te a ir mais além. Há mesmo benefícios associados às atividades extracurriculares na faculdade no desenvolvimento dos estudantes, com impacto em diferentes vertentes da sua vida. Aceitas o desafio? Chamemos-lhe ‘compromisso’.

 

O que são atividades extracurriculares?

Jogar futebol com os amigos ao fim de semana é importante, mas não se trata de uma atividade extracurricular. Não faz parte da tua rotina. Pelo contrário, ter atividades extracurriculares é opcional, mas exige compromisso e uma participação assídua e pontual.

 

E sabes que mais? A ida para uma nova cidade ou instituição de ensino não tem - nem deve - significar o fim dessas atividades. Pelo contrário, elas podem ajudar-te a ter sucesso na universidade.

 

Vantagens das atividades extracurriculares na faculdade

Prepara-te para anos intensos, mas conta com tempo livre. Vais tê-lo e deves aproveitá-lo para descansar, divertir e ainda para correr atrás dos teus interesses. É neste ponto que entram as atividades extracurriculares.

 

Embora haja estudos que as apontam como um fator distrativo e contra produtivo na educação, são mais os que destacam os seus benefícios. Assim, tem sido investigado o papel das atividades extracurriculares no desenvolvimento pessoal, emocional, social e escolar dos estudantes.

 

Toma nota dalguns dos efeitos positivos das atividades extracurriculares:

 

Maior autoestima: nutre o respeito por ti mesmo

As atividades extracurriculares são uma excelente oportunidade para te envolveres e superares dia após dia, alcançando resultados recompensadores. Sem dares por isso, vais aumentar os teus níveis de autoestima, autoconfiança e respeito por ti mesmo.

 

Melhores resultados: mais motivação e soft skills

As atividades extracurriculares parecem contribuir para uma maior motivação, baixo nível de absentismo escolar e para resultados escolares favoráveis, pois fomentam uma atitude positiva em relação à faculdade.

 

Além disso, vão exigir de ti o desenvolvimento de capacidades, como a organização, pensamento analítico, multitasking, trabalho de equipa, capacidade de resolução de problemas e de comunicação. Quem sabe se não descobres um talento escondido?

 

Enriquecimento do currículo: prepara-o a partir de hoje

Não deixes para o fim do curso a preparação do ‘CV’ que pode começar hoje. Decerto que já ouviste falar na crescente competitividade no mercado de trabalho e, por isso, as atividades extracurriculares são uma mais-valia e até um trunfo.

 

Os empregadores estão cientes das competências que podem ser assim adquiridas e da forma como complementam o conhecimento técnico.

 

Como colocar atividades extracurriculares no currículo? O currículo não deve ser muito longo. Ainda assim, reserva um espaço, à parte da experiência profissional, para apresentares as atividades extracurriculares associadas às competências adquiridas. Uma sugestão: não cites questões políticas, religiosas ou experiências do dia a dia que não contribuam para o cargo para o qual te estás a candidatar.

 

Networking: rede social mais ampla e interações positivas

“Diz-me com quem andas, que eu dir-te-ei quem és”, diz a máxima. Sendo as atividades extracurriculares momentos em que conheces e te relacionas com mais pessoas, esta frase pode traduzir-se numa oportunidade de partilha de interesses, conhecimentos e até de estabelecimento de contactos importantes para o teu futuro profissional. Quem sabe?!

 

Além disso, se vais estudar para uma nova cidade, podem mesmo ser um excelente facilitador na tua integração. Vais desenvolver capacidades interpessoais, conhecer novas realidades e trabalhar em equipa.

 

Exemplos de atividades extracurriculares

Se a escolha de curso a frequentar já tem “check”, não será difícil escolher a atividade extracurricular. Há uma multiplicidade de atividades extracurriculares, dentro e fora da faculdade, que poderás frequentar.

 

Desde a prática de um desporto (individual ou coletivo), às artes (como o teatro, dança, música ou pintura), passando pelo voluntariado ou atividades associativas, o primeiro passo passa pela escolha de áreas de interesses.

 

O mais importante é que a atividade escolhida te faça sentir realizado. Ainda assim, há algumas mais valorizadas, atualmente, pelos recrutadores.

 

Desporto

Ora aqui está uma das atividades que pode justificar a tua capacidade de trabalho em equipa e orientação para resultados. Se gostas de desporto, procura equipas em que te possas integrar, junto da tua faculdade, associação académica ou em conversa com novos colegas.

 

Não te esqueças: o teu rendimento académico fica também a ganhar com a tua saúde física e mental.

 

Experiências de liderança

Desde a integração em associações académicas aos grupos de debate da faculdade. Os recrutadores valorizam este tipo de atividades, uma vez que exigem de ti a tomada de decisões e resolução de problemas. Além disso, promovem o desenvolvimento do teu sentido crítico e capacidade de comunicação.

 

Voluntariado

Os empregadores procuram profissionais com conhecimento técnico, mas também - e acima de tudo - com valores. Neste sentido, diz ‘sim’ a experiências com impacto social. Além de poderes aprender bastante com elas, adicionas ao teu currículo um ‘selo’ de responsabilidade, generosidade e capacidade de realizar múltiplas tarefas.

 

Língua estrangeira

Independentemente da tua área de estudos, ser fluente noutros idiomas vai abrir-te portas. Além disso, se quiseres fazer intercâmbio/ Erasmus ou trabalhar lá fora, não terás razões para ficar de pé atrás se desenvolveres esta competência.

 

E não, não é tarde demais! Por exemplo, o British Council e o Santander abrem novos horizontes a todos os estudantes que queiram aprender inglês, num curso flexível e personalizado para todos os níveis. Sabe mais sobre esta oportunidade aqui.

 

A entrada na faculdade pode trazer-te muitos desafios, mas nós ajudamos. Neste e-book vais encontrar aquilo que precisas de saber: das propinas aos transportes, sem esquecer as atividades académicas.

 

 

Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

Se vais entrar na universidade, prepara-te para um novo mundo de experiências! O foco e empenho académico são um “must”, mas desafia-te a ir mais além. Há mesmo benefícios associados às atividades extracurriculares na faculdade no desenvolvimento dos estudantes, com impacto em diferentes vertentes da sua vida. Aceitas o desafio? Chamemos-lhe ‘compromisso’.

 

O que são atividades extracurriculares?

Jogar futebol com os amigos ao fim de semana é importante, mas não se trata de uma atividade extracurricular. Não faz parte da tua rotina. Pelo contrário, ter atividades extracurriculares é opcional, mas exige compromisso e uma participação assídua e pontual.

 

E sabes que mais? A ida para uma nova cidade ou instituição de ensino não tem - nem deve - significar o fim dessas atividades. Pelo contrário, elas podem ajudar-te a ter sucesso na universidade.

 

Vantagens das atividades extracurriculares na faculdade

Prepara-te para anos intensos, mas conta com tempo livre. Vais tê-lo e deves aproveitá-lo para descansar, divertir e ainda para correr atrás dos teus interesses. É neste ponto que entram as atividades extracurriculares.

 

Embora haja estudos que as apontam como um fator distrativo e contra produtivo na educação, são mais os que destacam os seus benefícios. Assim, tem sido investigado o papel das atividades extracurriculares no desenvolvimento pessoal, emocional, social e escolar dos estudantes.

 

Toma nota dalguns dos efeitos positivos das atividades extracurriculares:

 

Maior autoestima: nutre o respeito por ti mesmo

As atividades extracurriculares são uma excelente oportunidade para te envolveres e superares dia após dia, alcançando resultados recompensadores. Sem dares por isso, vais aumentar os teus níveis de autoestima, autoconfiança e respeito por ti mesmo.

 

Melhores resultados: mais motivação e soft skills

As atividades extracurriculares parecem contribuir para uma maior motivação, baixo nível de absentismo escolar e para resultados escolares favoráveis, pois fomentam uma atitude positiva em relação à faculdade.

 

Além disso, vão exigir de ti o desenvolvimento de capacidades, como a organização, pensamento analítico, multitasking, trabalho de equipa, capacidade de resolução de problemas e de comunicação. Quem sabe se não descobres um talento escondido?

 

Enriquecimento do currículo: prepara-o a partir de hoje

Não deixes para o fim do curso a preparação do ‘CV’ que pode começar hoje. Decerto que já ouviste falar na crescente competitividade no mercado de trabalho e, por isso, as atividades extracurriculares são uma mais-valia e até um trunfo.

 

Os empregadores estão cientes das competências que podem ser assim adquiridas e da forma como complementam o conhecimento técnico.

 

Como colocar atividades extracurriculares no currículo? O currículo não deve ser muito longo. Ainda assim, reserva um espaço, à parte da experiência profissional, para apresentares as atividades extracurriculares associadas às competências adquiridas. Uma sugestão: não cites questões políticas, religiosas ou experiências do dia a dia que não contribuam para o cargo para o qual te estás a candidatar.

 

Networking: rede social mais ampla e interações positivas

“Diz-me com quem andas, que eu dir-te-ei quem és”, diz a máxima. Sendo as atividades extracurriculares momentos em que conheces e te relacionas com mais pessoas, esta frase pode traduzir-se numa oportunidade de partilha de interesses, conhecimentos e até de estabelecimento de contactos importantes para o teu futuro profissional. Quem sabe?!

 

Além disso, se vais estudar para uma nova cidade, podem mesmo ser um excelente facilitador na tua integração. Vais desenvolver capacidades interpessoais, conhecer novas realidades e trabalhar em equipa.

 

Exemplos de atividades extracurriculares

Se a escolha de curso a frequentar já tem “check”, não será difícil escolher a atividade extracurricular. Há uma multiplicidade de atividades extracurriculares, dentro e fora da faculdade, que poderás frequentar.

 

Desde a prática de um desporto (individual ou coletivo), às artes (como o teatro, dança, música ou pintura), passando pelo voluntariado ou atividades associativas, o primeiro passo passa pela escolha de áreas de interesses.

 

O mais importante é que a atividade escolhida te faça sentir realizado. Ainda assim, há algumas mais valorizadas, atualmente, pelos recrutadores.

 

Desporto

Ora aqui está uma das atividades que pode justificar a tua capacidade de trabalho em equipa e orientação para resultados. Se gostas de desporto, procura equipas em que te possas integrar, junto da tua faculdade, associação académica ou em conversa com novos colegas.

 

Não te esqueças: o teu rendimento académico fica também a ganhar com a tua saúde física e mental.

 

Experiências de liderança

Desde a integração em associações académicas aos grupos de debate da faculdade. Os recrutadores valorizam este tipo de atividades, uma vez que exigem de ti a tomada de decisões e resolução de problemas. Além disso, promovem o desenvolvimento do teu sentido crítico e capacidade de comunicação.

 

Voluntariado

Os empregadores procuram profissionais com conhecimento técnico, mas também - e acima de tudo - com valores. Neste sentido, diz ‘sim’ a experiências com impacto social. Além de poderes aprender bastante com elas, adicionas ao teu currículo um ‘selo’ de responsabilidade, generosidade e capacidade de realizar múltiplas tarefas.

 

Língua estrangeira

Independentemente da tua área de estudos, ser fluente noutros idiomas vai abrir-te portas. Além disso, se quiseres fazer intercâmbio/ Erasmus ou trabalhar lá fora, não terás razões para ficar de pé atrás se desenvolveres esta competência.

 

E não, não é tarde demais! Por exemplo, o British Council e o Santander abrem novos horizontes a todos os estudantes que queiram aprender inglês, num curso flexível e personalizado para todos os níveis. Sabe mais sobre esta oportunidade aqui.

 

A entrada na faculdade pode trazer-te muitos desafios, mas nós ajudamos. Neste e-book vais encontrar aquilo que precisas de saber: das propinas aos transportes, sem esquecer as atividades académicas.

 

 

Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

Achou este artigo útil?

Obrigado pelo seu feedback!