Aumentos dos combustíveis

finanças

Aumento dos combustíveis: como poupar na gasolina e gasóleo

20 abr 2022 | 5 min de leitura

O aumento dos combustíveis é uma realidade. Se não é possível evitar a subida dos preços, pode estar preparado para lidar com esta despesa. Conheça algumas dicas para poupar na gasolina e gasóleo.

Planear a viagem, abastecer de forma correta e adotar uma condução defensiva são algumas informações importantes para lidar com o aumento do preço dos combustíveis. Eis algumas estratégias que farão a diferença na sua carteira e no seu dia a dia.

 

 

Como contornar o aumento dos combustíveis?

Para conduzir de forma mais eficiente, com menos impacto para a sua carteira e para o ambiente, siga as seguintes estratégias:

 

 

Antes de viajar

Há alguns cuidados simples aos quais deve dar atenção antes de ligar o automóvel:

 

  • Verifique a pressão dos pneus todos os meses. Pressão a mais ou a menos pode implicar maior esforço do motor e, consequentemente, maiores gastos de combustível. Se tiver que comprar pneus novos, opte por uma classificação de eficiência de combustível elevada (rótulos A ou B). Assim, poderá fazer mais quilómetros por depósito e reduzir as emissões de CO2.

 

  • Retire a carga desnecessária do automóvel. Quanto mais pesado estiver o veículo, maior será o gasto de combustível para uma mesma rota e perfil de condução.

 

  • Assegure a manutenção do veículo. Se os componentes essenciais do sistema de ignição, injeção e combustível não funcionarem com a eficiência perfeita, o consumo pode aumentar entre 3,5% a 10%. Já os filtros de ar entupidos podem conduzir a um aumento de até 10% no consumo do combustível. Os dados são da plataforma Mile 21 (More Information Less Emissions, Empowering Consumers for a Greener 21st Century'), - um projeto co-financiado pelo Programa LIFE da União Europeia e que, em Portugal, é parceiro da Deco Proteste.

 

 

Durante a viagem

A forma como conduz influencia os níveis de consumo do seu automóvel. Se fizer uma analogia com o seu corpo, é fácil de perceber que um comportamento mais calmo e regrado implica um menor gasto de energia. Se quer saber como poupar combustível enquanto conduz, conheça estas estratégias que permitem contornar o aumento dos combustíveis e contribuem para a segurança rodoviária.
 

  • Respeite os limites de velocidade
  • Faça pausas a cada duas horas de condução 
  • Não deixe o motor a trabalhar quando está parado à espera de alguém
  • Adote uma condução defensiva, ou seja, suave, com poucas variações de velocidade e travagens longas e com o motor
  • Respeite os pedidos da caixa de velocidades da melhor forma. Uma boa forma de o fazer é estar atento ao ponteiro das rotações. Nos carros a gasolina, deve mudar de velocidade às 2500 rotações por minuto (rpm) e, nos automóveis a gasóleo, às 2000 rpm
  • Use o ar condicionado de forma moderada para reduzir o consumo de combustível. Lembre-se também de o desligar cerca de cinco minutos antes de terminar a sua deslocação
  • Use o cruise control, caso o seu carro tenha esta funcionalidade. A constância da velocidade ajuda a poupar combustível 
  • Feche as janelas e não tenha bagagens no tejadilho. São duas ações que respeitam as leis da aerodinâmica
  • Planeie as suas rotas, de forma a seguir os trajetos mais eficientes. O GPS ajuda-o a evitar filas ou obras inesperadas e, claro, a poupar 
  • Evite caminhos tumultuosos. Os pisos de terra batida podem aumentar os consumos em 30% em comparação com o asfalto
  • Estacione à sombra. Da mesma forma que é sensato abastecer nas horas mais frias, também deve afastar o seu automóvel do sol, evitando a evaporação do combustível
  • Evite a marcha-atrás sempre que possível. É uma das manobras que requerem mais energia.

 

 

No posto de combustível

Para reduzir o impacto do aumento dos preços dos combustíveis, tenha alguns cuidados na hora de abastecer:

 

  • Verifique o tipo de combustível recomendado no manual do seu veículo
  • Não pressione demasiado a pistola de abastecimento. Se o fizer, uma parte do combustível transformar-se-á em vapor, não permanecendo no depósito do veículo
  • Ateste o depósito ao máximo. Desta forma, está a rentabilizar o número de deslocações ao posto de combustível
  • Abasteça de manhã cedo ou à noite, quando as temperaturas estão mais baixas, porque o combustível fica mais denso
  • Confirme se, após o abastecimento, a tampa do depósito ficou bem fechada, para evitar que o combustível evapore.

 

 

Dica para poupar combustível

Use o seu cartão Santander e obtenha descontos no gasóleo ou gasolina, ou o retorno do seu dinheiro no cartão, na hora de abastecer. “Se tiver o cartão Santander associado ao Repsol Move, acumula pontos que pode trocar por vales nas lojas, pontos de lavagem e mais de 3 000 artigos do Marketplace Repsol Move”, explica Marta Marques, Responsável de Marketing das Estações de Serviço da Repsol. Existem também descontos especiais para quem abastece de combustível Neotech, da Repsol, para quem utilizar um cartão de débito ou cartão de crédito do Santander.
 

 

Como poupar combustível: 8 alternativas à utilização do automóvel (todos os dias)

Antes de pegar no carro, pense de novo. Precisa mesmo de se deslocar de automóvel? Nem sempre é viável recorrer a alternativas, mas é importante questionar e, pelo menos, tentar. Ajudamos com algumas dicas:
 

  • Fale com a sua entidade patronal e adote o teletrabalho alguns dias por semana
  • Utilize os transportes coletivos ou a bicicleta (tem benefícios para a carteira e para o corpo)
  • Já pensou em trocar o carro por uma scooter? Evita horas de trânsito e poderá gastar menos combustível. Uma moto de 125 centímetros cúbicos gasta, em média, 2,5 litros a cada 100 quilómetros, contra os 6 a 7 litros de um automóvel
  • Se está a pensar em comprar carro, pondere um modelo mais económico (pense no tamanho e nos consumos do veículo) ou mesmo um carro elétrico
  • Evite o automóvel nas viagens curtas. O consumo de combustível “é superior até que o motor atinja a temperatura de funcionamento normal”, explica a Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG)
  • Considere um sistema de boleias entre amigos ou com quem segue percursos semelhantes ao seu. Existem diversas plataformas de “carpooling” que poderão servir os seus propósitos
  • Caso as suas deslocações sejam maioritariamente em meio urbano, considere o “carsharing”, ou seja, o aluguer de carros por curtos períodos de tempo
  • Se utiliza o automóvel apenas para lazer, por que não alugar? Se somar despesas fixas como seguros e de manutenção aos gastos com combustível, é muito possível que o aluguer compense.

 

Com estas pequenas mudanças de comportamento e cuidados diários, poderá poupar centenas de euros no final do ano. Comece a fazer as contas e, se conseguir, coloque algum dinheiro de parte todos os meses para poder fazer aquilo de que mais gosta.

 


Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

Planear a viagem, abastecer de forma correta e adotar uma condução defensiva são algumas informações importantes para lidar com o aumento do preço dos combustíveis. Eis algumas estratégias que farão a diferença na sua carteira e no seu dia a dia.

 

 

Como contornar o aumento dos combustíveis?

Para conduzir de forma mais eficiente, com menos impacto para a sua carteira e para o ambiente, siga as seguintes estratégias:

 

 

Antes de viajar

Há alguns cuidados simples aos quais deve dar atenção antes de ligar o automóvel:

 

  • Verifique a pressão dos pneus todos os meses. Pressão a mais ou a menos pode implicar maior esforço do motor e, consequentemente, maiores gastos de combustível. Se tiver que comprar pneus novos, opte por uma classificação de eficiência de combustível elevada (rótulos A ou B). Assim, poderá fazer mais quilómetros por depósito e reduzir as emissões de CO2.

 

  • Retire a carga desnecessária do automóvel. Quanto mais pesado estiver o veículo, maior será o gasto de combustível para uma mesma rota e perfil de condução.

 

  • Assegure a manutenção do veículo. Se os componentes essenciais do sistema de ignição, injeção e combustível não funcionarem com a eficiência perfeita, o consumo pode aumentar entre 3,5% a 10%. Já os filtros de ar entupidos podem conduzir a um aumento de até 10% no consumo do combustível. Os dados são da plataforma Mile 21 (More Information Less Emissions, Empowering Consumers for a Greener 21st Century'), - um projeto co-financiado pelo Programa LIFE da União Europeia e que, em Portugal, é parceiro da Deco Proteste.

 

 

Durante a viagem

A forma como conduz influencia os níveis de consumo do seu automóvel. Se fizer uma analogia com o seu corpo, é fácil de perceber que um comportamento mais calmo e regrado implica um menor gasto de energia. Se quer saber como poupar combustível enquanto conduz, conheça estas estratégias que permitem contornar o aumento dos combustíveis e contribuem para a segurança rodoviária.
 

  • Respeite os limites de velocidade
  • Faça pausas a cada duas horas de condução 
  • Não deixe o motor a trabalhar quando está parado à espera de alguém
  • Adote uma condução defensiva, ou seja, suave, com poucas variações de velocidade e travagens longas e com o motor
  • Respeite os pedidos da caixa de velocidades da melhor forma. Uma boa forma de o fazer é estar atento ao ponteiro das rotações. Nos carros a gasolina, deve mudar de velocidade às 2500 rotações por minuto (rpm) e, nos automóveis a gasóleo, às 2000 rpm
  • Use o ar condicionado de forma moderada para reduzir o consumo de combustível. Lembre-se também de o desligar cerca de cinco minutos antes de terminar a sua deslocação
  • Use o cruise control, caso o seu carro tenha esta funcionalidade. A constância da velocidade ajuda a poupar combustível 
  • Feche as janelas e não tenha bagagens no tejadilho. São duas ações que respeitam as leis da aerodinâmica
  • Planeie as suas rotas, de forma a seguir os trajetos mais eficientes. O GPS ajuda-o a evitar filas ou obras inesperadas e, claro, a poupar 
  • Evite caminhos tumultuosos. Os pisos de terra batida podem aumentar os consumos em 30% em comparação com o asfalto
  • Estacione à sombra. Da mesma forma que é sensato abastecer nas horas mais frias, também deve afastar o seu automóvel do sol, evitando a evaporação do combustível
  • Evite a marcha-atrás sempre que possível. É uma das manobras que requerem mais energia.

 

 

No posto de combustível

Para reduzir o impacto do aumento dos preços dos combustíveis, tenha alguns cuidados na hora de abastecer:

 

  • Verifique o tipo de combustível recomendado no manual do seu veículo
  • Não pressione demasiado a pistola de abastecimento. Se o fizer, uma parte do combustível transformar-se-á em vapor, não permanecendo no depósito do veículo
  • Ateste o depósito ao máximo. Desta forma, está a rentabilizar o número de deslocações ao posto de combustível
  • Abasteça de manhã cedo ou à noite, quando as temperaturas estão mais baixas, porque o combustível fica mais denso
  • Confirme se, após o abastecimento, a tampa do depósito ficou bem fechada, para evitar que o combustível evapore.

 

 

Dica para poupar combustível

Use o seu cartão Santander e obtenha descontos no gasóleo ou gasolina, ou o retorno do seu dinheiro no cartão, na hora de abastecer. “Se tiver o cartão Santander associado ao Repsol Move, acumula pontos que pode trocar por vales nas lojas, pontos de lavagem e mais de 3 000 artigos do Marketplace Repsol Move”, explica Marta Marques, Responsável de Marketing das Estações de Serviço da Repsol. Existem também descontos especiais para quem abastece de combustível Neotech, da Repsol, para quem utilizar um cartão de débito ou cartão de crédito do Santander.
 

 

Como poupar combustível: 8 alternativas à utilização do automóvel (todos os dias)

Antes de pegar no carro, pense de novo. Precisa mesmo de se deslocar de automóvel? Nem sempre é viável recorrer a alternativas, mas é importante questionar e, pelo menos, tentar. Ajudamos com algumas dicas:
 

  • Fale com a sua entidade patronal e adote o teletrabalho alguns dias por semana
  • Utilize os transportes coletivos ou a bicicleta (tem benefícios para a carteira e para o corpo)
  • Já pensou em trocar o carro por uma scooter? Evita horas de trânsito e poderá gastar menos combustível. Uma moto de 125 centímetros cúbicos gasta, em média, 2,5 litros a cada 100 quilómetros, contra os 6 a 7 litros de um automóvel
  • Se está a pensar em comprar carro, pondere um modelo mais económico (pense no tamanho e nos consumos do veículo) ou mesmo um carro elétrico
  • Evite o automóvel nas viagens curtas. O consumo de combustível “é superior até que o motor atinja a temperatura de funcionamento normal”, explica a Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG)
  • Considere um sistema de boleias entre amigos ou com quem segue percursos semelhantes ao seu. Existem diversas plataformas de “carpooling” que poderão servir os seus propósitos
  • Caso as suas deslocações sejam maioritariamente em meio urbano, considere o “carsharing”, ou seja, o aluguer de carros por curtos períodos de tempo
  • Se utiliza o automóvel apenas para lazer, por que não alugar? Se somar despesas fixas como seguros e de manutenção aos gastos com combustível, é muito possível que o aluguer compense.

 

Com estas pequenas mudanças de comportamento e cuidados diários, poderá poupar centenas de euros no final do ano. Comece a fazer as contas e, se conseguir, coloque algum dinheiro de parte todos os meses para poder fazer aquilo de que mais gosta.

 


Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

Achou este artigo útil?

Queremos continuar a trazer-lhe artigos úteis.

Que temas gostava de ler por aqui?

Obrigado pela sua opinião!

A sua ajuda é importante.

Salto Santander

Obrigado pela sua opinião!