Como pedir crédito pessoal online

finanças

Como pedir crédito pessoal online?

16 mar 2022 | 4 min de leitura

Foi confrontado com uma despesa inesperada? Ainda faltam alguns dias para receber o ordenado, mas já não tem dinheiro na conta? Pedir crédito pessoal online pode ser a solução, pois permite que, em pouco tempo, tenha o valor que necessita na conta bancária. Explicamos-lhe como pode fazê-lo e quais os cuidados necessários.

A vida dá muitas voltas. Por vezes, pode encontrar-se numa situação delicada e a necessitar de dinheiro de forma imediata. Um arranjo de automóvel, uma despesa que não contava ou um corte nos rendimentos podem exigir um esforço financeiro que, de momento, não dispõe.

 

Mas não precisa de ir ao balcão do banco para ter o seu crédito aprovado. Pode pedir o empréstimo pessoal sem sair de casa.

 

Crédito pessoal online: quais as vantagens

O crédito pessoal online tem a vantagem de permitir fazer todo o processo de pedido do crédito através do site ou app da instituição financeira, a qualquer hora do dia. O processo demora alguns minutos, o tempo suficiente para fornecer os seus dados, definir os valores e o destino do financiamento.

 

O crédito pessoal pode ser utilizado para diversos fins, desde a aquisição de equipamentos ou mobiliário para o lar, compra de computadores, pagamento de despesas de educação, saúde, energias renováveis ou outros gastos que não queira identificar.

 

Passo a passo: como pedir crédito pessoal online

Para que lhe seja concedido o empréstimo pessoal terá que dar alguns passos:

 

1. Fazer uma simulação de crédito pessoal. Para ter uma ideia da taxa de juro do crédito e da mensalidade que irá pagar. Se lhe parece razoável, avance

 

2. Aceder ao site ou app da instituição bancária. Coloque o seu nome de utilizador e senha de acesso, para aceder à sua área de cliente, se for necessário

 

3. Ler atentamente a Ficha de Informação Normalizada (FIN). Para conhecer todas as condições do crédito, como o montante, eventuais comissões e impostos para a sua utilização, taxa de juro, prazo, modalidade de reembolso e reembolso antecipado

 

4. Preencher a informação pedida pelo banco. Dados como o montante de financiamento e o prazo do contrato serão a base para definir o valor que terá que pagar por mês e quanto vai custar o crédito no total. A instituição bancária pode requisitar outros documentos e dados para dar seguimento ao seu pedido

 

5. Esperar pela resposta. Uma vez fornecidos estes dados, terá a resposta ao pedido de crédito pessoal online de modo quase imediato e o dinheiro na conta em poucos minutos.

 

É cliente Santander? Pode pedir crédito pessoal online, através da App Santander ou do NetBanco. Caso o empréstimo seja aprovado, o dinheiro ficará disponível em cinco minutos na conta. Terá, depois, entre dois e sete anos para reembolsar este empréstimo.

 

O que precisa saber antes de contratar crédito pessoal online?

Apesar da facilidade de conseguir financiamento, há aspetos importantes a considerar antes de fechar contrato. Antes de mais, tem que fazer contas e ter a certeza que vai conseguir pagar as prestações. Uma das estratégias para baixar o valor mensal do crédito é estender o seu prazo de financiamento.

 

Compare as taxas oferecidas

A facilidade na obtenção de crédito pode significar uma taxa de juros mais elevada, para compensar o risco. Ao contrário de um crédito à habitação ou automóvel, onde o bem comprado serve como garantia caso deixe de pagar as prestações, no crédito pessoal podem não lhe exigir garantias ou fiadores. Por isso, os juros são mais elevados.

 

Assim, comparar as taxas oferecidas pode ser um bom ponto de partida para iniciar este processo.

 

Para calcular os custos totais do empréstimo, as siglas mais importantes a considerar são a Taxa Anual de Encargos Efetiva Global (TAEG) e o Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC).

 

A TAEG é a taxa que engloba todos os custos que terá associados ao empréstimo. Já a MTIC indica o custo total do financiamento. Ou seja, o valor exato que vai pagar ao banco, incluindo o empréstimo e todos os encargos, desde juros, despesas, comissões, impostos e outros custos. Quanto mais longo for o prazo do crédito pessoal, maior o valor a pagar.

 

Atenção às comissões

Quando se pensa num crédito, a tendência é para considerar apenas os juros. Mas um empréstimo pode ter outras comissões, como a de abertura de crédito ou reembolso antecipado, caso deseje pagar a dívida antes do prazo. Custos que deixam o seu crédito pessoal online mais caro.

 

Sobre o montante financiado incide o ISUC (Imposto do Selo sobre a Utilização de Crédito) e sobre juros e eventuais comissões acresce o respetivo Imposto do Selo.

 

À semelhança do que acontece com qualquer crédito, antes de contratar um crédito pessoal online garanta que esta é a melhor opção para si e informe-se sobre as alternativas. O Banco de Portugal recomenda ainda aos clientes bancários que peçam à instituição a ficha de informação normalizada para conhecer as características do produto de crédito, de modo a poderem analisar as condições dos diferentes produtos e os compromissos financeiros inerentes.

 

Faça as contas

Um crédito responsável deve ter sempre em conta o peso dos empréstimos no orçamento familiar Caso contrário pode encontrar-se numa situação delicada e sem possibilidade de fazer face às suas responsabilidades. Pense no que recebe e em todas as despesas, fixas e outras inesperadas.

 

Feita esta análise calcule a sua taxa de esforço. Deve dividir todos os encargos financeiros mensais (créditos e outras despesas fixas) pelo rendimento e multiplicar por 100.

 

Antes de assinar, leia toda a documentação, até as letras pequeninas. Se tiver dúvidas, questione ou procure informação no Portal do Cliente Bancário, do Banco de Portugal. Assine o contrato apenas quando estiver esclarecido.

 

 

 

Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

A vida dá muitas voltas. Por vezes, pode encontrar-se numa situação delicada e a necessitar de dinheiro de forma imediata. Um arranjo de automóvel, uma despesa que não contava ou um corte nos rendimentos podem exigir um esforço financeiro que, de momento, não dispõe.

 

Mas não precisa de ir ao balcão do banco para ter o seu crédito aprovado. Pode pedir o empréstimo pessoal sem sair de casa.

 

Crédito pessoal online: quais as vantagens

O crédito pessoal online tem a vantagem de permitir fazer todo o processo de pedido do crédito através do site ou app da instituição financeira, a qualquer hora do dia. O processo demora alguns minutos, o tempo suficiente para fornecer os seus dados, definir os valores e o destino do financiamento.

 

O crédito pessoal pode ser utilizado para diversos fins, desde a aquisição de equipamentos ou mobiliário para o lar, compra de computadores, pagamento de despesas de educação, saúde, energias renováveis ou outros gastos que não queira identificar.

 

Passo a passo: como pedir crédito pessoal online

Para que lhe seja concedido o empréstimo pessoal terá que dar alguns passos:

 

1. Fazer uma simulação de crédito pessoal. Para ter uma ideia da taxa de juro do crédito e da mensalidade que irá pagar. Se lhe parece razoável, avance

 

2. Aceder ao site ou app da instituição bancária. Coloque o seu nome de utilizador e senha de acesso, para aceder à sua área de cliente, se for necessário

 

3. Ler atentamente a Ficha de Informação Normalizada (FIN). Para conhecer todas as condições do crédito, como o montante, eventuais comissões e impostos para a sua utilização, taxa de juro, prazo, modalidade de reembolso e reembolso antecipado

 

4. Preencher a informação pedida pelo banco. Dados como o montante de financiamento e o prazo do contrato serão a base para definir o valor que terá que pagar por mês e quanto vai custar o crédito no total. A instituição bancária pode requisitar outros documentos e dados para dar seguimento ao seu pedido

 

5. Esperar pela resposta. Uma vez fornecidos estes dados, terá a resposta ao pedido de crédito pessoal online de modo quase imediato e o dinheiro na conta em poucos minutos.

 

É cliente Santander? Pode pedir crédito pessoal online, através da App Santander ou do NetBanco. Caso o empréstimo seja aprovado, o dinheiro ficará disponível em cinco minutos na conta. Terá, depois, entre dois e sete anos para reembolsar este empréstimo.

 

O que precisa saber antes de contratar crédito pessoal online?

Apesar da facilidade de conseguir financiamento, há aspetos importantes a considerar antes de fechar contrato. Antes de mais, tem que fazer contas e ter a certeza que vai conseguir pagar as prestações. Uma das estratégias para baixar o valor mensal do crédito é estender o seu prazo de financiamento.

 

Compare as taxas oferecidas

A facilidade na obtenção de crédito pode significar uma taxa de juros mais elevada, para compensar o risco. Ao contrário de um crédito à habitação ou automóvel, onde o bem comprado serve como garantia caso deixe de pagar as prestações, no crédito pessoal podem não lhe exigir garantias ou fiadores. Por isso, os juros são mais elevados.

 

Assim, comparar as taxas oferecidas pode ser um bom ponto de partida para iniciar este processo.

 

Para calcular os custos totais do empréstimo, as siglas mais importantes a considerar são a Taxa Anual de Encargos Efetiva Global (TAEG) e o Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC).

 

A TAEG é a taxa que engloba todos os custos que terá associados ao empréstimo. Já a MTIC indica o custo total do financiamento. Ou seja, o valor exato que vai pagar ao banco, incluindo o empréstimo e todos os encargos, desde juros, despesas, comissões, impostos e outros custos. Quanto mais longo for o prazo do crédito pessoal, maior o valor a pagar.

 

Atenção às comissões

Quando se pensa num crédito, a tendência é para considerar apenas os juros. Mas um empréstimo pode ter outras comissões, como a de abertura de crédito ou reembolso antecipado, caso deseje pagar a dívida antes do prazo. Custos que deixam o seu crédito pessoal online mais caro.

 

Sobre o montante financiado incide o ISUC (Imposto do Selo sobre a Utilização de Crédito) e sobre juros e eventuais comissões acresce o respetivo Imposto do Selo.

 

À semelhança do que acontece com qualquer crédito, antes de contratar um crédito pessoal online garanta que esta é a melhor opção para si e informe-se sobre as alternativas. O Banco de Portugal recomenda ainda aos clientes bancários que peçam à instituição a ficha de informação normalizada para conhecer as características do produto de crédito, de modo a poderem analisar as condições dos diferentes produtos e os compromissos financeiros inerentes.

 

Faça as contas

Um crédito responsável deve ter sempre em conta o peso dos empréstimos no orçamento familiar Caso contrário pode encontrar-se numa situação delicada e sem possibilidade de fazer face às suas responsabilidades. Pense no que recebe e em todas as despesas, fixas e outras inesperadas.

 

Feita esta análise calcule a sua taxa de esforço. Deve dividir todos os encargos financeiros mensais (créditos e outras despesas fixas) pelo rendimento e multiplicar por 100.

 

Antes de assinar, leia toda a documentação, até as letras pequeninas. Se tiver dúvidas, questione ou procure informação no Portal do Cliente Bancário, do Banco de Portugal. Assine o contrato apenas quando estiver esclarecido.

 

 

 

Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

Achou este artigo útil?

Queremos continuar a trazer-lhe artigos úteis.

Que temas gostava de ler por aqui?

Obrigado pela sua opinião!

A sua ajuda é importante.

Salto Santander

Obrigado pela sua opinião!