finanças

Como poupar nas compras? 7 dicas essenciais

06 out 2022 | 3 min de leitura

Queremos ajudá-lo a poupar nas suas compras.

Como poupar nas compras

Com a subida dos preços, gerir o orçamento familiar torna-se cada vez mais complicado. Poupar nas compras mensais é um desafio acrescido no nosso quotidiano. Mas temos boas novidades: existem algumas dicas que o podem ajudar a poupar nas compras.

 

 

Poupar é um exercício de determinação e consistência

Aproxima-se o Dia Mundial da Poupança e poupar dinheiro é possível. São os pequenos passos no nosso dia-a-dia que fazem a diferença.

 

Existem despesas que não podemos eliminar na sua totalidade, mas podemos aprender a diminuir o seu peso no nosso orçamento mensal.

 

 

Como poupar nas compras do supermercado?

Não podemos mudar o facto da inflação estar a subir, mas podemos criar métodos que resultam no momento de comprar. Uma compra inteligente no supermercado pode ajudá-lo a gastar menos.

 

1. Quero ou preciso?

Quando pega num artigo pense na questão: “quero ou preciso?”. Por vezes compramos por impulso e quando chegamos ao momento de pagar já adicionámos vários euros ao que realmente queríamos comprar.

 

Racionalize no momento de comprar. Este é um passo importante quando queremos poupar.

 

2. Ter fome é um perigo. Sem lista será um desastre

Ir ao supermercado com fome é um hábito de muitos de nós. Seja porque vamos de manhã sem tomar o pequeno-almoço ou ao final do dia depois de sair do trabalho.

 

Se estivermos com fome, irá apetecer-nos consumir muitos dos produtos expostos. A tendência é encher mais o carrinho e aumentarmos o valor a pagar.

 

Se juntar à fome o facto de não levar uma lista de compras para seguir à risca, então cumpre os requisitos para que gaste mais do que precisa.

 

3. Olhar para cima e para baixo

Os produtos que estão ao nível do nosso olhar são os mais caros. Uma forma de poupar algum dinheiro é recorrer a produtos mais em conta. Esses produtos estão, geralmente, mais longe do nosso olhar. Além disso, verifique o preço por quilograma. Nem sempre a embalagem maior é a mais em conta.

 

4. Despensa organizada é poupança assegurada

Ter noção dos produtos que tem em casa, das validades e das suas necessidades faz parte de um método organizado e racional no momento de ir ao supermercado.

 

Fazer uma lista com os produtos que necessita e cumprir essa lista de forma fiel é uma garantia que no momento de pagar não terá surpresas desagradáveis.

 

Existem aplicações que podem ajudar na organização da despensa.

 

5. Leve os seus sacos de plástico

Hoje em dia os sacos são pagos e aumentamos vários cêntimos à nossa conta a cada ida ao supermercado. Leve os seus sacos e utilize-os até não terem salvação.

 

Pense que por cada utilização está a poupar entre 10 a 50 cêntimos. Se pretender verificar o que essa poupança representa por ano sugerimos que a cada ida ao supermercado coloque 50 cêntimos num frasco. Ao final de um ano verifique a quantia que poupou. Poupou dinheiro e poupou o ambiente.

 

6. Aproveite as promoções, mas não se deixe enganar

As promoções podem ajudar a poupar nas compras do mês. No entanto, saber como comparar os preços entre os diferentes supermercados é essencial. A aplicação Super Save pode ajudar.

 

Não se deixe enganar e verifique sempre se a promoção compensa e se o produto que está em promoção vai ao encontro das suas necessidades.

 

7. Verifique a sua fatura

Verifique o seu talão e se os preços estão corretos. Por vezes os produtos em promoção passam com o preço sem desconto e não nos apercebemos. Guarde 5 minutos do seu tempo para conferir a conta.

 

Na verdade, o que custa é dar o primeiro passo. São os pequenos passos que nos ajudam no momento de poupar.

 

 

 

Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

Achou este artigo útil?

Queremos continuar a trazer-lhe artigos úteis.

Obrigado pela sua opinião!

A sua ajuda é importante.

Salto Santander

Obrigado pela sua opinião!

Informação de tratamento de dados

O Banco Santander Totta, S.A. é o responsável pelo tratamento dos dados pessoais recolhidos.

O Banco pode ser contactado na Rua da Mesquita, 6, Centro Totta, 1070-238 Lisboa.

O Encarregado de Proteção de Dados do Banco poderá ser contactado na referida morada e através do seguinte endereço de correio eletrónico: privacidade@santander.pt.

Os dados pessoais recolhidos neste fluxo destinam-se a ser tratados para a finalidade envio de comunicações comerciais e/ou informativas pelo Santander.

O fundamento jurídico deste tratamento assenta no consentimento.

Os dados pessoais serão conservados durante 5 anos, ou por prazo mais alargado, se tal for exigido por lei ou regulamento ou se a conservação for necessária para acautelar o exercício de direitos, designadamente em sede de eventuais processos judiciais, sendo posteriormente eliminados.

Assiste, ao titular dos dados pessoais, os direitos previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados, nomeadamente o direito de solicitar ao Banco o acesso aos dados pessoais transmitidos e que lhe digam respeito, à sua retificação e, nos casos em que a lei o permita, o direito de se opor ao tratamento, à limitação do tratamento e ao seu apagamento, direitos estes que podem ser exercidos junto do responsável pelo tratamento para os contactos indicados em cima. O titular dos dados goza ainda do direito de retirar o consentimento prestado, sem que tal comprometa a licitude dos tratamentos efetuados até então.

Ao titular dos dados assiste ainda o direito de apresentar reclamações relacionadas com o incumprimento destas obrigações à Comissão Nacional da Proteção de Dados, por correio postal, para a morada Av. D. Carlos I, 134 - 1.º, 1200-651 Lisboa, ou, por correio eletrónico, para geral@cnpd.pt (mais informações em https://www.cnpd.pt/).

Para mais informação pode consultar a nossa política de privacidade (https://www.santander.pt/politica-privacidade).