finanças

Dia Mundial da Poupança

08 set 2023 | 2 min de leitura

Este ano celebramos o Dia Mundial da Poupança com a taxa de inflação muito elevada. Conheça as ideias do Santander para viver os próximos tempos com uma confiança renovada.

Dia mundial da poupança

O Dia Mundial da Poupança celebra-se, todos os anos, no dia 31 de outubro, com o intuito de alertar os consumidores para a necessidade de disciplinar o orçamento familiar e aumentar as suas poupanças.

 

A ideia de criar uma data especial para promover a noção de poupança surgiu em outubro de 1924, durante o primeiro Congresso Internacional de Economia, em Milão.

 

 

Dia mundial da poupança: comece hoje a poupar!

Se quer aproveitar o Dia Mundial da Poupança para iniciar a sua jornada da poupança, deixamos algumas dicas.

 

1. Seja realista

Pode ser otimista, mas é importante ser realista. Nos últimos tempos, muitas famílias tiveram que fazer ajustes nas suas vidas com os aumentos das prestações, dos bens e dos serviços.

 

Muitas famílias não dispõem de poupanças para fazer face a imprevistos, algo que é importante recuperar. Outros agregados familiares poderão perder rendimentos e serão forçados a fazer ajustes.

 

Dito isto, todas as crises são passageiras, pelo que devemos manter o espírito positivo.

 

2. Conheça a sua situação financeira

Quer estejamos em momento de crise ou num momento económico positivo, ditam as regras de prudência e de boa gestão financeira que deveremos conhecer a nossa situação financeira.

 

No que se aplica às famílias a dica passa por fazer um orçamento familiar que seja caracterizado pelo rigor e pela prudência. Rigor no que toca à identificação das várias rubricas de despesa e o seu controlo. Prudência no que toca ao que faremos com esta informação, pois o orçamento familiar deverá ser um contributo e um incentivo à ação.

 

Devemos ser consequentes com os nossos planos e procurar otimizar o orçamento familiar.

 

3. Defina objetivos concretos e mensuráveis

Conhecer a sua situação atual permite-lhe tomar decisões. No entanto, estas decisões serão mais efetivas se tiver objetivos concretos.

 

Para tal, importa perceber os motivos pelos quais está a fazer ajustes ou adaptações aos seus hábitos de vida.

 

Pode definir que vai eliminar despesas para constituir uma poupança para emergências, de modo a ter mais segurança ao encarar os próximos tempos. Ou pode optar por começar desde já a poupar para o longo prazo, como por exemplo poupar para a reforma.

 

Irá perceber que existem formas de poupar dinheiro sem grande esforço, bastando para tal ter uma estratégia bem definida.

 

4. Comece a poupar agora!

Definidos os seus objetivos financeiros e conhecida a sua situação atual, é altura de iniciar o seu caminho. Começar a trilhar o caminho da poupança e da aplicação em produtos que possam aumentar as suas possibilidades financeiras no futuro.

 

Se quer começar a poupar, aproveite o Dia Mundial da Poupança para iniciar um desafio da poupança. Por exemplo, o desafio de poupança das 52 semanas é uma estratégia simples para poupar dinheiro todas as semanas, durante um ano, sem quase dar por isso.

 

5. Adote a poupança programada

Uma dica importante passa por constituir um programa de entregas programadas (PEP) para uma aplicação financeira à sua escolha. Ao iniciar um PEP irá tornar o processo automático e acabará por se esquecer que está a poupar, pois o banco faz tudo por si. Só não toma a decisão inicial.

 

6. Incentive as crianças a poupar

Não existe uma idade ideal para começar a incutir bons hábitos financeiros, por isso, aproveite o Dia Mundial da Poupança para incentivar os mais novos a poupar. Conheça algumas sugestões para introduzir o tema das finanças nas várias idades, assim como algumas sugestões de jogos para realizar no Dia Mundial da Poupança.

Achou este artigo útil?

Queremos continuar a trazer-lhe artigos úteis.

Obrigado pela sua opinião!

A sua ajuda é importante.

Salto Santander

Obrigado pela sua opinião!

Salto Santander Poupança no Santander

Poupar para ganhar

Faça da poupança o seu melhor aliado: pequenos gestos, grandes conquistas.

Poupar para ganhar

Informação de tratamento de dados

O Banco Santander Totta, S.A. é o responsável pelo tratamento dos dados pessoais recolhidos.

O Banco pode ser contactado na Rua da Mesquita, 6, Centro Totta, 1070-238 Lisboa.

O Encarregado de Proteção de Dados do Banco poderá ser contactado na referida morada e através do seguinte endereço de correio eletrónico: privacidade@santander.pt.

Os dados pessoais recolhidos neste fluxo destinam-se a ser tratados para a finalidade envio de comunicações comerciais e/ou informativas pelo Santander.

O fundamento jurídico deste tratamento assenta no consentimento.

Os dados pessoais serão conservados durante 5 anos, ou por prazo mais alargado, se tal for exigido por lei ou regulamento ou se a conservação for necessária para acautelar o exercício de direitos, designadamente em sede de eventuais processos judiciais, sendo posteriormente eliminados.

Assiste, ao titular dos dados pessoais, os direitos previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados, nomeadamente o direito de solicitar ao Banco o acesso aos dados pessoais transmitidos e que lhe digam respeito, à sua retificação e, nos casos em que a lei o permita, o direito de se opor ao tratamento, à limitação do tratamento e ao seu apagamento, direitos estes que podem ser exercidos junto do responsável pelo tratamento para os contactos indicados em cima. O titular dos dados goza ainda do direito de retirar o consentimento prestado, sem que tal comprometa a licitude dos tratamentos efetuados até então.

Ao titular dos dados assiste ainda o direito de apresentar reclamações relacionadas com o incumprimento destas obrigações à Comissão Nacional da Proteção de Dados, por correio postal, para a morada Av. D. Carlos I, 134 - 1.º, 1200-651 Lisboa, ou, por correio eletrónico, para geral@cnpd.pt (mais informações em https://www.cnpd.pt/).

Para mais informação pode consultar a nossa política de privacidade (https://www.santander.pt/politica-privacidade).