Exposições em Lisboa

família

12 exposições para visitar em Lisboa

10 mai 2022 | 6 min de leitura

Faltam-lhe ideias para ocupar os tempos livres? Descubra algumas das exposições que pode visitar em Lisboa e comece já a planear o próximo programa cultural.

A agenda cultural de Lisboa está recheada de bons eventos: da pintura à fotografia, da arte urbana à consciência ambiental, há exposições para todos os gostos, idades e carteiras.

 

Damos-lhe 12 sugestões do que pode ver em Lisboa nos próximos meses.

 

 

1. Gérard Fromanger – o esplendor

Onde: Museu Coleção Berardo, CCB
Quando: até 29 de maio de 2022
Preço do bilhete: 5€

 

Com entrada gratuita aos sábados, esta exposição conta com mais de 60 quadros do pintor francês Gérard Fromanger e faz parte da Temporada Portugal-França 2022.

 

A obra do pintor faz lembrar a Pop Art e é marcada pela mistura entre o concreto e o abstrato, cruzando temas tradicionais, como retratos e paisagens, com novas ideias e conceitos.

 

 

2. Moldada na escuridão, de Hugo Canoilas

Onde: Museu Calouste Gulbenkian
Quando: até 30 de maio de 2022
Exposição gratuita

 

Uma experiência imersiva e sensorial sobre os oceanos e a vida nas suas profundezas. A instalação artística de Hugo Canoilas simboliza os fundos marinhos e representa a complexidade do desconhecido.

 

A exposição baseia-se no trabalho de investigação do artista, iniciado em 2020, e destaca os limites do conhecimento e a relação com a natureza.

 

A agenda cultural de Lisboa está recheada de bons eventos: da pintura à fotografia, da arte urbana à consciência ambiental, há exposições para todos os gostos, idades e carteiras.

 

Damos-lhe 12 sugestões do que pode ver em Lisboa nos próximos meses.

 

 

1. Gérard Fromanger – o esplendor

Onde: Museu Coleção Berardo, CCB
Quando: até 29 de maio de 2022
Preço do bilhete: 5€

 

Com entrada gratuita aos sábados, esta exposição conta com mais de 60 quadros do pintor francês Gérard Fromanger e faz parte da Temporada Portugal-França 2022.

 

A obra do pintor faz lembrar a Pop Art e é marcada pela mistura entre o concreto e o abstrato, cruzando temas tradicionais, como retratos e paisagens, com novas ideias e conceitos.

 

 

2. Moldada na escuridão, de Hugo Canoilas

Onde: Museu Calouste Gulbenkian
Quando: até 30 de maio de 2022
Exposição gratuita

 

Uma experiência imersiva e sensorial sobre os oceanos e a vida nas suas profundezas. A instalação artística de Hugo Canoilas simboliza os fundos marinhos e representa a complexidade do desconhecido.

 

A exposição baseia-se no trabalho de investigação do artista, iniciado em 2020, e destaca os limites do conhecimento e a relação com a natureza.

 

Exposições em Lisboa: Moldada na escuridão, Hugo Canoilas

 

3. Leica years - 50 anos de fotografia, de Alfredo Cunha

Onde: Casa da Imprensa
Quando: até 3 de junho de 2022
Exposição gratuita

 

Uma retrospetiva do trabalho de Alfredo Cunha, fotojornalista português que documentou momentos históricos como o 25 de abril. São 52 fotografias a preto e branco, selecionadas pelo autor, desde os anos 70 até ao presente.

 

Se visitar a exposição no dia 11 de maio, pode ainda assistir a uma conversa entre Alfredo Cunha e os jornalistas convidados Ana Sousa Dias e Luís Pedro Nunes, às 17h30.

 

Exposições em Lisboa: Laica years - 50 anos de fotografia, Alfredo Cunha

 

4. Europa oxalá

Onde: Centro de Arte Moderna da Gulbenkian
Quando: até 22 de agosto de 2022
Preço do bilhete: 5€

 

Cerca de 60 obras de 21 artistas com origens nas antigas colónias africanas e de grande importância na arte contemporânea europeia.

 

A exposição convida a uma reflexão sobre a identidade, a herança e as memórias de uma geração que cresceu no contexto pós-colonial.

 

A entrada é gratuita aos domingos a partir das 14h e, se for num dia de sol, pode aproveitar para passear no Jardim Gulbenkian.

 

Exposições em Lisboa: Europa oxalá

 

5. Paisagens povoadas

Onde: Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado
Quando: até 28 de agosto de 2022
Preço do bilhete: desde 4,50€

 

Paisagens que refletem a presença e intervenção humana na natureza, pintadas por alunos da Academia de Belas-Artes, entre 1850 e 1930, como Luciano Freire, João Marques de Oliveira e Alfredo Keil.

 

Um conjunto de quadros inspirados na vontade de descobrir o país, os costumes e as tradições através da natureza. Entrada gratuita aos domingos todo o dia e feriados até às 14h.

 

 

6. A ópera chinesa

Onde: Museu do Oriente
Quando: Até 31 de agosto de 2022
Preço do bilhete: 6€

 

Com entrada gratuita às sextas-feiras, das 18h às 20h, esta exposição leva-o até à China e a um dos seus marcos artísticos e culturais.

 

Entre trajes, perucas, toucados, instrumentos musicais, vídeos e fotografias, são cerca de 280 peças para mergulhar na riqueza da ópera tradicional chinesa.

 

Ao comprar bilhete para esta exposição, tem acesso a todas as outras exposições do Museu do Oriente.

 

 

7. Prisma, de Vihls

Onde: MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia
Quando: até 5 de setembro de 2022
Preço do bilhete: 7€

 

Se está habituado a ver as obras de Vihls esculpidas em paredes e murais, surpreenda-se com esta exposição. Uma instalação em grande escala, com projeções de vídeos em câmara lenta que transformam uma das galerias do MAAT numa espécie de labirinto urbano.

 

Os registos foram feitos antes da pandemia e mostram o dia a dia de grandes cidades como Pequim, Lisboa, Los Angeles, Macau ou Paris. A entrada é gratuita no 1.º domingo de cada mês.

 

Exposições em Lisboa: Prisma, Vihls

 

8. ÁGUA – uma exposição sem filtro

Onde: Pavilhão do Conhecimento, Centro Ciência Viva
Quando: até setembro de 2022
Preço do bilhete: desde 7€

 

Ideal para visitar em família, esta exposição aborda a importância da água e baseia-se num dos Objetivos das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável: água e saneamento para todos até 2030.

 

Os 4 temas da exposição desafiam os visitantes a refletir sobre as diferenças entre a vida com e sem acesso a água potável e a assumir um compromisso por um bem essencial.

 

As visitas ao Pavilhão do Conhecimento são gratuitas nos dias 16 de maio, 25 de julho e 24 de novembro.

 


9. Bordalo em trânsito

Onde: Museu Bordalo Pinheiro
Quando: até 30 de novembro de 2022
Preço do bilhete: desde 1,50€

 

Uma reinterpretação da obra de Rafael Bordalo Pinheiro à luz dos dias de hoje, em homenagem ao talento e criatividade do artista, mantendo o espírito crítico e o humor que caracterizam a sua obra.

 

A entrada no museu é gratuita aos domingos e feriados até às 14h, para quem reside no concelho de Lisboa.

 

Exposições em Lisboa: Bordalo em trânsito

 

10. Os loucos anos 20 em Lisboa

Onde: Museu de Lisboa – Palácio Pimenta
Quando: até 11 de dezembro de 2022
Preço do bilhete: 3€

 

Com entrada gratuita aos domingos e feriados até às 14h (para residentes no concelho de Lisboa), esta é uma exposição que o vai transportar para a Lisboa de há 100 anos, para o ambiente otimista depois da 1.ª Guerra Mundial e para o fervilhar de uma cidade em transformação.

 

Haverá ainda outras atividades no Palácio Pimenta, como visitas orientadas, atividades para famílias e para escolas e ainda o percurso “A vida é um cabaré!”, no Largo de São Domingos.

 


11. ONE – o mar como nunca o sentiu

Onde: Oceanário de Lisboa
Quando: sem data para terminar
Preço do bilhete: desde 13€

 

Uma experiência que envolve os visitantes na grandiosidade dos oceanos, retratando a ligação profunda do ser humano com o mar.

 

A artista, Maya de Almeida Araújo, é especialista em fotografia subaquática em movimento, e passou 8 meses a filmar em território marítimo português. Esta é a primeira vez que expõe o seu trabalho em Portugal.

 

Exposições em Lisboa: ONE, o mar como nunca o sentiu

 

12. Frida Kahlo – a vida de um ícone

Onde: Reservatório Mãe D’Água das Amoreiras
Quando: de 29 de setembro de 2022 a 8 de janeiro de 2023
Preço do bilhete: desde 11€

 

A experiência imersiva sobre a vida de Frida Kahlo, uma das artistas mais aclamadas de sempre, chega a Lisboa em setembro.

 

Num percurso de cerca de 1 hora e 15 minutos, poderá conhecer a história por detrás de um ícone da arte, passando por vários momentos marcantes da sua vida, através de fotografias históricas, filmes originais e vários ambientes sonoros e multimédia.

 

Se não gosta de deixar nada para a última, já pode comprar os bilhetes.
 

 

 

Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

Achou este artigo útil?

Queremos continuar a trazer-lhe artigos úteis.

Obrigado pela sua opinião!

A sua ajuda é importante.

Salto Santander

Obrigado pela sua opinião!

Informação de tratamento de dados

O Banco Santander Totta, S.A. é o responsável pelo tratamento dos dados pessoais recolhidos.

O Banco pode ser contactado na Rua da Mesquita, 6, Centro Totta, 1070-238 Lisboa.

O Encarregado de Proteção de Dados do Banco poderá ser contactado na referida morada e através do seguinte endereço de correio eletrónico: privacidade@santander.pt.

Os dados pessoais recolhidos neste fluxo destinam-se a ser tratados para a finalidade envio de comunicações comerciais e/ou informativas pelo Santander.

O fundamento jurídico deste tratamento assenta no consentimento.

Os dados pessoais serão conservados durante 5 anos, ou por prazo mais alargado, se tal for exigido por lei ou regulamento ou se a conservação for necessária para acautelar o exercício de direitos, designadamente em sede de eventuais processos judiciais, sendo posteriormente eliminados.

Assiste, ao titular dos dados pessoais, os direitos previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados, nomeadamente o direito de solicitar ao Banco o acesso aos dados pessoais transmitidos e que lhe digam respeito, à sua retificação e, nos casos em que a lei o permita, o direito de se opor ao tratamento, à limitação do tratamento e ao seu apagamento, direitos estes que podem ser exercidos junto do responsável pelo tratamento para os contactos indicados em cima. O titular dos dados goza ainda do direito de retirar o consentimento prestado, sem que tal comprometa a licitude dos tratamentos efetuados até então.

Ao titular dos dados assiste ainda o direito de apresentar reclamações relacionadas com o incumprimento destas obrigações à Comissão Nacional da Proteção de Dados, por correio postal, para a morada Av. D. Carlos I, 134 - 1.º, 1200-651 Lisboa, ou, por correio eletrónico, para geral@cnpd.pt (mais informações em https://www.cnpd.pt/).

Para mais informação pode consultar a nossa política de privacidade (https://www.santander.pt/politica-privacidade).