bem-estar

Gripe A: o que é, sintomas e tratamento

07 fev 2024 | 4 min de leitura

Já ouviu falar da gripe A? Saiba quais são os principais sintomas e tratamentos.

A gripe é uma doença infeciosa que afeta principalmente as vias respiratórias. Os vírus que causam a gripe - influenza - podem ser dos tipos A e B e circulam todos os anos, embora com diferentes variantes. Neste artigo, iremos abordar a gripe A, os seus sintomas e o que a diferencia da gripe mais comum.

 

 

O que é a gripe A?

A gripe A refere-se à doença causada pelo vírus influenza A, de acordo com informação do SNS 24. Os subtipos de vírus influenza A que originam a gripe A são o H1N1 e H3N2.

 

 

Qual a diferença entre a gripe A e a gripe “comum”?

Na gripe A e na gripe “comum”, dois tipos diferentes de vírus influenza causam uma infeção respiratória em humanos, mais conhecida como gripe. Trata-se de gripe A quando o vírus que provoca a doença é o influenza A e de gripe B quando esta é causada pelo influenza B.

 

Os sintomas entre estas duas variantes de influenza são idênticos e, na prática, a distinção só pode ser realizada através de exames laboratoriais, nomeadamente através do teste com zaragatoa nasofaríngea (semelhante ao teste COVID-19).

 

 

Gripe A: sintomas

Os sintomas mais comuns da gripe A são os seguintes:

 

  • Febre
  • Tosse
  • Nariz entupido
  • Dor de garganta.

 

Podem, ainda, ocorrer outros sintomas como:

 

  • Dores corporais ou musculares
  • Dor de cabeça
  • Arrepios
  • Fadiga
  • Vómitos ou diarreia.

 

 

Gripe A: tratamento

Na maior parte dos casos, o sistema imunitário encarrega-se de combater a infeção. Poderá, no entanto, adotar medidas de alívio dos sintomas da gripe A, tais como:

 

  • Ficar em repouso e medir regularmente a febre
  • Tomar paracetamol se tiver febre (não administrar aspirina às crianças)
  • Utilizar soro fisiológico para tratar a congestão nasal
  • Beber muitos líquidos (água é a bebida recomendada).

 

Lembre-se: se estiver grávida ou a amamentar não deve tomar medicamentos sem falar com o seu médico.

 

 

Quanto tempo dura a gripe A?

O período de incubação, isto é, o período entre o momento em que a pessoa é infetada e o aparecimento dos primeiros sintomas é, habitualmente, de entre três a 10 dias.

 

A duração da gripe A - ou de qualquer outra variante do vírus influenza - pode depender de pessoa para pessoa, mas, de uma forma geral, a doença dura cerca de sete dias.

 

 

A gripe A é contagiosa?

Sim. O vírus transmite-se de pessoa para pessoa, através de gotículas libertadas quando a pessoa infetada fala, tosse ou espirra. No entanto, após dois dias sem febre, a contagiosidade é reduzida.

 

 

Como prevenir a gripe A?

A gripe A pode ser prevenida através da adoção de medidas de distanciamento social, que minimizem o risco de contração do vírus. Assim, as pessoas que estão infetadas devem:

 

  • Manter distanciamento dos outros
  • Usar máscara
  • Arejar espaços interiores
  • Desinfetar zonas de utilização comum
  • Lavar frequentemente as mãos
  • Manter a etiqueta respiratória (cobrir boca e o nariz com o braço quando espirram ou tossem e, de seguida, lavar as mãos).

 

 

Existe vacina contra a gripe A?

Sim. A vacina da gripe protege contra as estirpes do vírus influenza A e B. A vacina é recomendada (e gratuita) a pessoas que:

 

  • Tenham 60 ou mais anos de idade

 

  • Tenham entre os 50 e os 59 anos e que queiram ser vacinadas após ponderação individual de benefício-risco

 

  • Tenham mais de seis meses de idade e que sejam residentes ou estejam internados por períodos prolongados em lares ou instituições prestadoras de cuidados de saúde e com determinadas doenças crónicas e condições

 

  • Estejam grávidas

 

  • Sejam profissionais de saúde do Serviço Nacional de Saúde, bombeiros com contacto direto com pessoas idosas, profissionais de estabelecimentos prisionais e profissionais em contacto com residentes ou internados por períodos prolongados em instituições prestadoras de cuidados de saúde.

 

 

Os conteúdos apresentados não dispensam a consulta das entidades públicas ou privadas especialistas em cada matéria.

Achou este artigo útil?

Queremos continuar a trazer-lhe artigos úteis.

Obrigado pela sua opinião!

A sua ajuda é importante.

Salto Santander

Obrigado pela sua opinião!

Salto Santander widget seguro de saúde

A sua saúde não pode esperar

Conheça as vantagens do nosso seguro de saúde

Seguro Saúde

Informação de tratamento de dados

O Banco Santander Totta, S.A. é o responsável pelo tratamento dos dados pessoais recolhidos.

O Banco pode ser contactado na Rua da Mesquita, 6, Centro Totta, 1070-238 Lisboa.

O Encarregado de Proteção de Dados do Banco poderá ser contactado na referida morada e através do seguinte endereço de correio eletrónico: privacidade@santander.pt.

Os dados pessoais recolhidos neste fluxo destinam-se a ser tratados para a finalidade envio de comunicações comerciais e/ou informativas pelo Santander.

O fundamento jurídico deste tratamento assenta no consentimento.

Os dados pessoais serão conservados durante 5 anos, ou por prazo mais alargado, se tal for exigido por lei ou regulamento ou se a conservação for necessária para acautelar o exercício de direitos, designadamente em sede de eventuais processos judiciais, sendo posteriormente eliminados.

Assiste, ao titular dos dados pessoais, os direitos previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados, nomeadamente o direito de solicitar ao Banco o acesso aos dados pessoais transmitidos e que lhe digam respeito, à sua retificação e, nos casos em que a lei o permita, o direito de se opor ao tratamento, à limitação do tratamento e ao seu apagamento, direitos estes que podem ser exercidos junto do responsável pelo tratamento para os contactos indicados em cima. O titular dos dados goza ainda do direito de retirar o consentimento prestado, sem que tal comprometa a licitude dos tratamentos efetuados até então.

Ao titular dos dados assiste ainda o direito de apresentar reclamações relacionadas com o incumprimento destas obrigações à Comissão Nacional da Proteção de Dados, por correio postal, para a morada Av. D. Carlos I, 134 - 1.º, 1200-651 Lisboa, ou, por correio eletrónico, para geral@cnpd.pt (mais informações em https://www.cnpd.pt/).

Para mais informação pode consultar a nossa política de privacidade (https://www.santander.pt/politica-privacidade).