Entrar no NetBanco

NetBanco

PRR - Plano de Recuperação e Resiliência

Um programa de fundos europeus focado na resiliência, na transição climática e na transição digital, com 16,6 mil milhões de euros para apoiar empresas portuguesas como a sua.

Portugal recebe 16,6 mil milhões de euros: 13,9 mil milhões de euros em subvenções e 2,7 mil milhões de euros em empréstimos. O PRR tem 3 dimensões, 20 componentes, 37 reformas e 83 investimentos.

PRR - Plano de Recuperação e Resiliência - Fundos Europeus no Santander
Equipa

1. Resiliência

Investimento: 11 125 milhões de euros (67% do orçamento total)

O PRR tem 9 componentes na dimensão da resiliência:

* componentes para empresas
equipamente de energias renováveis

2. Transição climática

Investimento: 3 059 mil milhões de euros (18% do orçamento total)

O PRR tem 6 componentes na dimensão da transição climática:

* componentes para empresas
Administração

3. Transição digital

 Investimento: 2 460 milhões de euros (15% do orçamento total)

O PRR tem 5 componentes na dimensão da transição digital:

* componentes para empresas
Saber mais

Aviso N.º 08/C16-i02/2022

Concurso para a Apresentação de Candidaturas para Desenvolvimento de Projetos no âmbito da medida “Internacionalização via E-commerce”

 

O prazo para a apresentação de candidaturas mantém-se aberto até à receção do número de candidaturas limite apurado em função da dotação orçamental definida.

Objetivo

O presente concurso visa o investimento no desenvolvimento de serviços de suporte aos processos de internacionalização das PME, nomeadamente em sensibilização, capacitação e consultoria, com duas vertentes: (1) a internacionalização das PME através de um programa que visa aprofundar a promoção do comércio eletrónico para novas exportadoras e (2) o lançamento de um novo programa de apoio individualizado para a promoção digital orientado à diversificação de mercados para empresas que já tenham experiência internacional consolidada através de canais digitais.

 

Beneficiários

São beneficiários as PME, de qualquer natureza ou sob qualquer forma jurídica.

 

Condições de acesso

Encontra-se definido como condição de acesso ao presente Aviso a realização de um Diagnóstico E-commerce através do website Portugal Exporta e a obtenção de uma pontuação final superior a 20 pontos. As empresas com Diagnóstico já realizado deverão proceder à sua atualização.

 

O beneficiário deverá possuir situação líquida positiva no exercício fiscal completo anterior ao ano da candidatura. As empresas que à data da candidatura tenham menos de um ano de atividade não se encontram sujeitas à presente condição de acesso.

 

Tipologia das operações

As operações elegíveis, no âmbito do presente Aviso, enquadram-se em duas tipologias:

 

a) “Mais Mercados”: projetos de Internacionalização promovidos pelas PME que demonstram melhores condições para promover o alargamento e a diversificação de mercados de exportação através de canais digitais, traduzidas numa pontuação final igual ou superior a 75 pontos obtida no resultado do Diagnóstico E-commerce realizado

 

b) “Novas Exportadoras”: projetos de Internacionalização promovidos pelas PME que tenham obtido uma pontuação final igual ou superior a 20 pontos e inferior a 75 pontos no resultado do Diagnóstico E-commerce realizado.

 

A cada tipologia correspondem determinados limiares mínimos e máximos de despesa elegível:

 

i. 10 000€ e 25 000€, para projetos da tipologia “Novas Exportadoras”

 

ii. 25 000€ e 85 000€, para projetos da tipologia “Mais Mercados”

 

Âmbito setorial e/ou geográfico

O presente Aviso tem aplicação no território de Portugal Continental e nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira.

 

Despesas elegíveis

São elegíveis as seguintes tipologias de despesa:

 

a) Aquisição de equipamentos e software diretamente relacionados com a implementação do projeto

 

b) Despesas relacionadas com a aquisição de serviços a terceiros relativas a:

 

i. Desenho e implementação de estratégias aplicadas a canais digitais para gestão de mercados, canais, produtos ou segmentos de cliente

 

ii. User-Centered Design (UX): desenho, implementação e otimização de estratégias digitais centradas na experiência do cliente que maximizem a respetiva atração, interação e conversão

 

iii. Desenho, implementação, otimização de plataformas de Web Content Management (WCM), Campaign Management, Customer Relationship Management e E-commerce

 

iv. Criação de lojas próprias online, inscrição e otimização da presença em marketplaces eletrónicos, incluindo despesas de subscrição e fees de adesão durante o período de execução do projeto

 

v. Search Engine Optimization (SEO) e Search Engine Advertising (SEA): melhoria da presença e ranking dos sítios de comércio eletrónico nos resultados da pesquisa, em motores de busca, por palavras-chave relevantes para a notoriedade e tráfego de cada sítio

 

vi. Social Media Marketing: Desenho, implementação e otimização da presença e interação com clientes via redes sociais

 

vii. Content Marketing: criação e distribuição de conteúdos digitais (texto curto, texto longo, imagens, animações ou vídeos) dirigidos a captar a atenção e atrair os clientes-alvo para as ofertas comercializadas pela empresa

 

viii. Display Advertising: colocação de anúncios à oferta da empresa em sítios de terceiros, incluindo páginas de resultados de motor de busca

 

ix. Mobile Marketing: tradução das estratégias inscritas nos pontos anteriores para visualização e interação de clientes em dispositivos móveis, nomeadamente smartphones e tablets

 

x. Business Inteligence e Web Analytics: recolha, tratamento, análise e visualização de grandes volumes de dados gerados a partir da navegação e interação de clientes em ambiente digital por forma a identificar padrões, correlações e conhecimento relevante que robusteçam os processos de gestão e tomada de decisão.

 

c) Custos com pessoal técnico diretamente afeto à implementação do projeto, devendo ser evidenciadas as competências/valências em e-commerce e marketing digital e corresponder a um nível mínimo de qualificação VI (QNQ).

 

Natureza do apoio

Incentivo não reembolsável.

 

Taxa de apoio

O financiamento a conceder às empresas é calculado com base na aplicação de uma taxa de 50% às despesas consideradas elegíveis.

 

Prazo de candidatura

O prazo para a apresentação de candidaturas mantém-se aberto até à receção do número de candidaturas limite apurado em função da dotação orçamental definida, sem prejuízo de poder ser suspensa a receção de candidaturas a qualquer momento, através de comunicação prévia a publicar nos sítios de internet do PRR, do IAPMEI e da AICEP, com uma antecedência mínima de 3 dias úteis em relação à data estabelecida para a suspensão.

 

Consultar aviso

 

Enviar candidatura

Fundos Europeus: O Santander adianta os seus incentivos

Adiantamos os seus incentivos

Com um apoio intercalar ao seu projeto, adiantamos uma parte dos incentivos para reforçar a sua tesouraria o quanto antes.

Fundos Europeus: o Santander financia o projeto

Financiamos o seu projeto

Conte com condições de financiamento complementar ajustadas às necessidades do seu projeto, a médio e longo prazo.

Fundos Europeus: O Santander trata da emissão de garantias bancárias

Tratamos da emissão de garantias bancárias

Para assegurar a antecipação dos incentivos e cumprir as exigências de cada entidade de gestão.

Fundos Europeus: O Santander comprova a capacidade financeira

Comprovamos a sua capacidade financeira

Depois de analisar o projeto, podemos emitir as declarações necessárias que comprovam a capacidade financeira da sua empresa e valorizam a candidatura.

Fundos Europeus: O Santander disponibiliza soluções de factoring

Disponibilizamos soluções de factoring

Se for uma entidade fornecedora de projetos do PRR, antecipamos as suas receitas através das nossas soluções de factoring.

Fundos Europeus: O Santander identifica soluções de financiamento

Apoiamos projetos à medida

Ajudamos a identificar soluções de financiamento adequadas à dimensão e tipologia do seu projeto de investimento.

Linhas de crédito protocoladas

Acesso a condições de crédito apoiadas pelo Governo. 

Uma filosofia digital para os seus negócios

Aproveite o tempo ao máximo para investir no seu negócio e preparar o futuro.

Saber mais sobre os fundos do PRR para o seu negócio?

Dicas úteis para empresas

Fechar

Informação útil para fazer crescer o seu negócio

Queremos mantê-lo sempre atualizado, conheça o calendário fiscal, indicadores de mercado e apoios para as empresas

Em breve vai receber a nossa newsletter no seu e-mail.

Informação de tratamento de dados

O Banco Santander Totta, S.A. é o responsável pelo tratamento dos dados pessoais recolhidos.

O Banco pode ser contactado na Rua da Mesquita, 6, Centro Totta, 1070-238 Lisboa.

O Encarregado de Proteção de Dados do Banco poderá ser contactado na referida morada e através do seguinte endereço de correio eletrónico: privacidade@santander.pt.

Os dados pessoais recolhidos neste fluxo destinam-se a ser tratados para a finalidade envio de comunicações comerciais e/ou informativas pelo Santander.

O fundamento jurídico deste tratamento assenta no consentimento.

Os dados pessoais serão conservados durante 5 anos, ou por prazo mais alargado, se tal for exigido por lei ou regulamento ou se a conservação for necessária para acautelar o exercício de direitos, designadamente em sede de eventuais processos judiciais, sendo posteriormente eliminados.

Assiste, ao titular dos dados pessoais, os direitos previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados, nomeadamente o direito de solicitar ao Banco o acesso aos dados pessoais transmitidos e que lhe digam respeito, à sua retificação e, nos casos em que a lei o permita, o direito de se opor ao tratamento, à limitação do tratamento e ao seu apagamento, direitos estes que podem ser exercidos junto do responsável pelo tratamento para os contactos indicados em cima. O titular dos dados goza ainda do direito de retirar o consentimento prestado, sem que tal comprometa a licitude dos tratamentos efetuados até então.

Ao titular dos dados assiste ainda o direito de apresentar reclamações relacionadas com o incumprimento destas obrigações à Comissão Nacional da Proteção de Dados, por correio postal, para a morada Av. D. Carlos I, 134 - 1.º, 1200-651 Lisboa, ou, por correio eletrónico, para geral@cnpd.pt (mais informações em https://www.cnpd.pt/).

Para mais informação pode consultar a nossa política de privacidade (https://www.santander.pt/politica-privacidade).