Entrar no NetBanco

NetBanco

Portugal 2030

Impulsionamos a sua candidatura ao Portugal 2030, um programa de fundos europeus para recuperar a economia e proteger o emprego, com 23 mil milhões de euros.

O Quadro Financeiro Plurianual tem uma dotação estimada de 23 mil milhões de euros para o período entre 2021 e 2027, para implementar os objetivos da Estratégia Portugal 2030. 

Portugal 2030 - Fundos Europeus no Santander
Destinatário

1. As pessoas primeiro

Por um melhor equilíbrio demográfico, maior inclusão, menos desigualdade.

Colocar as pessoas no centro das preocupações e promover uma sociedade mais inclusiva e menos desigual, respondendo ainda aos desafios da transição demográfica e do envelhecimento - desigualdades agravadas pela pandemia de COVID-19.

 

Objetivos:

 

  • Mitigar a perda populacional atualmente projetada para 2030, prosseguindo a recuperação dos indicadores de natalidade e reforçando os saldos migratórios
  • Reduzir a incidência de fenómenos de exclusão, incluindo do desemprego de longa duração e pobreza e os indicadores de desigualdade e de precariedade laboral nos adultos, e especialmente nos jovens, convergindo para os níveis médios da União Europeia.
 
Domínio estratégico:
 
  • Sustentabilidade demográfica
  • Promoção da inclusão e luta contra a exclusão
  • Resiliência do sistema de saúde
  • Garantia de habitação condigna e acessível
  • Combate às desigualdades e à discriminação.
Administração

2. Digitalização

Promover a digitalização, inovação e qualificações como motores do desenvolvimento.

Enfrentar os bloqueios das qualificações e da competitividade e transformação estrutural do tecido produtivo, respondendo também aos novos desafios tecnológicos e societais associados à transição digital e à indústria 4.0, às novas dinâmicas de crescimento setorial pós-COVID, à necessidade de contribuir para a autonomização e resiliência geoestratégica da União Europeia e ao mesmo tempo garantir a capacitação e modernização do Estado para promover a resposta a estes desafios.

 

Objetivos:

 

  • Aumentar a despesa total em investigação e desenvolvimento (I&D) para 3% do produto interno bruto (PIB) em 2030
  • Reduzir a percentagem de adultos, incluindo jovens, em idade ativa sem o nível de ensino secundário
  • Alcançar um nível de 60% dos jovens com 20 anos que frequentem o ensino superior, com 50%dos graduados de educação terciária na faixa etária dos 30-34 anos até 2030
  • Alcançar um nível de liderança europeia de competências digitais até 2030; aumentar a participação de adultos em formação ao longo da vida
  • Reforçar a autonomia e soberania produtiva da UE
  • Aumentar as exportações de bens e serviços, ambicionando -se atingir um volume de exportações equivalente a 50% do PIB na segunda metade desta década, com enfoque na performance da balança tecnológica
  • Aumentar a resiliência financeira e a digitalização das pequenas e médias empresas (PME); aproximar os níveis de investimento em capital de risco à média da Europa, e reforçar a atração de investimento direto estrangeiro (IDE).
 
Domínio estratégico:
 
  • Promoção da sociedade do conhecimento
  • Digitalização e inovação empresarial
  • Qualificação dos recursos humanos
  • Qualificação das instituições.
equipamente de energias renováveis

3. Transição climática

Foco na transição climática e na sustentabilidade e uso eficiente de recursos.

Promover a economia circular e respondendo ao desafio da transição energética e à resiliência do território.

 

Objetivos:

 

  • Reduzir, até 2030, as emissões globais de gases com efeito de estufa (GEE) em 45% a 55% e em 40% no setor dos transportes face a 2005
  • Aumentar para 47% do peso das energias renováveis no consumo final bruto de energia
  • Reduzir em 35% o consumo de energia primária
  • Reduzir para metade a área ardida, de modo a aumentar a capacidade de sequestro do carbono.
 
Domínio estratégico:
 
  • Descarbonizar a sociedade e promover a transição energética
  • Tornar a economia circular
  • Reduzir os riscos e valorizar os ativos ambientais
  • Agricultura e floresta sustentáveis
  • Economia do mar sustentável.
Fábrica

4. Um país competitivo

Dinamizar a coesão territorial interna e externamente.

Promover um desenvolvimento harmonioso do território nacional e contribuir para reduzir a disparidade entre os níveis de desenvolvimento das diversas regiões, em particular das regiões mais desfavorecidas, num contexto de promoção de transições ecológicas e digitais com forte incidência territorial e de superação dos impactos da pandemia e da crise económica nos territórios mais afetados.

 

Objetivos:

 

  • Promover o desenvolvimento harmonioso do território nacional, assegurando que todas as regiões NUTS II convergem em Produto Interno Bruto per capita com a média europeia.
 
Domínio estratégico:
 
  • Competitividade das redes urbanas
  • Competitividade e coesão na baixa densidade
  • Projeção da faixa atlântica
  • Inserção territorial no mercado ibérico.
Fundos Europeus: O Santander adianta os seus incentivos

Adiantamos os seus incentivos

Com um apoio intercalar ao seu projeto, adiantamos uma parte dos incentivos para reforçar a sua tesouraria o quanto antes.

Fundos Europeus: o Santander financia o projeto

Financiamos o seu projeto

Conte com condições de financiamento complementar ajustadas às necessidades do seu projeto, a médio e longo prazo.

Fundos Europeus: O Santander trata da emissão de garantias bancárias

Tratamos da emissão de garantias bancárias

Para assegurar a antecipação dos incentivos e cumprir as exigências de cada entidade de gestão.

Fundos Europeus: O Santander comprova a capacidade financeira

Comprovamos a sua capacidade financeira

Depois de analisar o projeto, podemos emitir as declarações necessárias que comprovam a capacidade financeira da sua empresa e valorizam a candidatura.

Fundos Europeus: O Santander disponibiliza soluções de factoring

Disponibilizamos soluções de factoring

Se for uma entidade fornecedora de projetos do PRR, antecipamos as suas receitas através das nossas soluções de factoring.

Fundos Europeus: O Santander identifica soluções de financiamento

Apoiamos projetos à medida

Ajudamos a identificar soluções de financiamento adequadas à dimensão e tipologia do seu projeto de investimento.

A sua empresa está pronta para investir?

Agora não precisa de esperar pela abertura dos concursos do Portugal 2030. Com o Registo de Pedido de Auxílio, pode dar início ao investimento em projetos com processos de candidatura ao Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (I&D empresarial) e ao Sistema de Incentivos à Inovação Produtiva.

Linhas de crédito protocoladas

Acesso a condições de crédito apoiadas pelo Governo. 

Uma filosofia digital para os seus negócios

Aproveite o tempo ao máximo para investir no seu negócio e preparar o futuro.

Como saber mais sobre os fundos europeus para o seu negócio?

Informação de tratamento de dados

O Banco Santander Totta, S.A. é o responsável pelo tratamento dos dados pessoais recolhidos.

O Banco pode ser contactado na Rua da Mesquita, 6, Centro Totta, 1070-238 Lisboa.

O Encarregado de Proteção de Dados do Banco poderá ser contactado na referida morada e através do seguinte endereço de correio eletrónico: privacidade@santander.pt.

Os dados pessoais recolhidos neste fluxo destinam-se a ser tratados para a finalidade envio de comunicações comerciais e/ou informativas pelo Santander.

O fundamento jurídico deste tratamento assenta no consentimento.

Os dados pessoais serão conservados durante 5 anos, ou por prazo mais alargado, se tal for exigido por lei ou regulamento ou se a conservação for necessária para acautelar o exercício de direitos, designadamente em sede de eventuais processos judiciais, sendo posteriormente eliminados.

Assiste, ao titular dos dados pessoais, os direitos previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados, nomeadamente o direito de solicitar ao Banco o acesso aos dados pessoais transmitidos e que lhe digam respeito, à sua retificação e, nos casos em que a lei o permita, o direito de se opor ao tratamento, à limitação do tratamento e ao seu apagamento, direitos estes que podem ser exercidos junto do responsável pelo tratamento para os contactos indicados em cima. O titular dos dados goza ainda do direito de retirar o consentimento prestado, sem que tal comprometa a licitude dos tratamentos efetuados até então.

Ao titular dos dados assiste ainda o direito de apresentar reclamações relacionadas com o incumprimento destas obrigações à Comissão Nacional da Proteção de Dados, por correio postal, para a morada Av. D. Carlos I, 134 - 1.º, 1200-651 Lisboa, ou, por correio eletrónico, para geral@cnpd.pt (mais informações em https://www.cnpd.pt/).

Para mais informação pode consultar a nossa política de privacidade (https://www.santander.pt/politica-privacidade).