Mude o empréstimo da casa sem pagar por isso

Os custos de transferência ficam por nossa conta. Só precisa de conhecer as condições da campanha Suporte de Custos nas Transferências do Santander que temos para si.

A campanha Suporte de Custos nas Transferências do Santander é válida para novos clientes Santander; e atuais clientes, com ou sem crédito habitação no Santander.

 

Suportamos os custos da transferência do seu crédito habitação de outra instituição para o Santander e os custos de criação de um novo crédito no Santander, nas seguintes condições no âmbito da campanha Suporte de Custos nas Transferências.

 

 

Condições da campanha:

  • Pode transferir um crédito habitação, incluindo crédito habitação para obras, construção ou multifunções associado
  • O seu crédito habitação atual deve ter uma taxa de juro variável em vigor para que possa usufruir da campanha
  • Não existe montante nem prazo mínimo do crédito habitação a transferir

 

São suportados os seguintes custos de transferência do crédito habitação:

  • Comissão de dossier
  • Comissão de avaliação
  • Despesas a pagar na outra instituição onde tem o seu crédito habitação a decorrer
  • Comissão de amortização antecipada e o respetivo Imposto do Selo
    • Empréstimo com taxa variável – suportamos a comissão de amortização antecipada, incluindo o respetivo Imposto do Selo
  • Distrate (documento que comprova a extinção ou rescisão da hipoteca do imóvel quando uma dívida é saldada)
  • Declaração de capital em dívida

 

Nota: despesas de contratação no Santander relativo ao contrato do crédito multifunções (“transferido” ou novo) ou relativo ao contrato de incremento de crédito habitação (obras ou reforço de auto construção), exceto Imposto do Selo.

Contabilidade fiscalidade

Documentos do crédito habitação da outra instituição

  • Último extrato bancário, com indicação dos dados de financiamento da outra instituição de crédito
  • Cópia da escritura de compra e venda e mútuo com hipoteca da instituição bancária anterior e respetivo documento complementar
  • Apólice de seguro de vida e seguro multirriscos e eventuais atas adicionais (caso queira manter os atuais contratos de seguro noutra seguradora)

Se não tiver estes documentos consigo, pode pedi-los ao banco onde tem o seu crédito habitação a decorrer.

Casa

Documentos do imóvel

  • Planta do imóvel a hipotecar, se moradia: deve pedir à Câmara Municipal
  • Caderneta Predial: deve pedir às Finanças
  • Certidão Predial: deve pedir à Conservatória do Registo Predial
Parceiros de negócio

Documentos a entregar na escritura

  • Declaração do capital em dívida na outra Instituição de crédito: deve pedir à instituição onde tem o crédito habitação a decorrer
  • Distrate (documento que comprova a extinção ou rescisão da hipoteca do imóvel quando uma dívida é saldada): deve pedir à instituição onde tem o crédito habitação a decorrer

Como transferir um crédito habitação para o Santander?

  • Online

    Trate de todo o processo em menos de 30 dias.

    Desktop
  • No balcão

    Encontre o balcão Santander mais perto de si.

    Localização
  • Dúvidas?

    SuperLinha

    +351 217 807 364

    De Portugal e do estrangeiro (custo de chamada para a rede fixa nacional)

    Atendimento 24h, todos os dias

    superlinha Santander

Quero ser contactado

Fechar

Gostaria de falar com um gestor?

Deixe-nos o seu contacto e nós ligamos entre as 8h e as 19h.

Vamos contactá-lo entre as 8h e as 19h, com a maior brevidade possível.

Obrigado pela preferência.

Informação de tratamento de dados

O Banco Santander Totta, S.A. é o responsável pelo tratamento dos dados pessoais recolhidos.

O Banco pode ser contactado na Rua da Mesquita, 6, Centro Totta, 1070-238 Lisboa.

O Encarregado de Proteção de Dados do Banco poderá ser contactado na referida morada e através do seguinte endereço de correio eletrónico: privacidade@santander.pt.

Os dados pessoais recolhidos neste fluxo destinam-se a ser tratados para a finalidade envio de comunicações comerciais e/ou informativas pelo Santander.

O fundamento jurídico deste tratamento assenta no consentimento.

Os dados pessoais serão conservados durante 5 anos, ou por prazo mais alargado, se tal for exigido por lei ou regulamento ou se a conservação for necessária para acautelar o exercício de direitos, designadamente em sede de eventuais processos judiciais, sendo posteriormente eliminados.

Assiste, ao titular dos dados pessoais, os direitos previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados, nomeadamente o direito de solicitar ao Banco o acesso aos dados pessoais transmitidos e que lhe digam respeito, à sua retificação e, nos casos em que a lei o permita, o direito de se opor ao tratamento, à limitação do tratamento e ao seu apagamento, direitos estes que podem ser exercidos junto do responsável pelo tratamento para os contactos indicados em cima. O titular dos dados goza ainda do direito de retirar o consentimento prestado, sem que tal comprometa a licitude dos tratamentos efetuados até então.

Ao titular dos dados assiste ainda o direito de apresentar reclamações relacionadas com o incumprimento destas obrigações à Comissão Nacional da Proteção de Dados, por correio postal, para a morada Av. D. Carlos I, 134 - 1.º, 1200-651 Lisboa, ou, por correio eletrónico, para geral@cnpd.pt (mais informações em https://www.cnpd.pt/).

Para mais informação pode consultar a nossa política de privacidade (https://www.santander.pt/politica-privacidade).