Proteja a sua empresa de ataques informáticos

Os ataques informáticos a empresas podem trazer custos elevados e comprometer a sua reputação. Desde os ataques à cadeia de fornecedores à Fraude de CEO. Fique a saber tudo.

 

Invista na prevenção para garantir a segurança do seu negócio.

Cadeado

Faça cópias de segurança com frequência

  • Ter cópias de segurança permite a continuidade do negócio em caso de acidente
  • Defina qual a informação essencial para o dia a dia (como dados de clientes, pagamentos ou encomendas). Quanto mais importante for a informação, mais frequentes devem ser as cópias de segurança
  • Pode guardar as cópias de segurança num disco externo, na nuvem ou em ambos.
Factura

Defina como quer gerir a informação sobre o seu negócio

  • Classificar a informação da empresa permite saber quem deve e quem não deve ter acesso a ela. Pode começar por identificar a informação como pública, interna ou confidencial
  • Definir como gerir, armazenar e partilhar informação é outra forma de ajudar a protegê-la. Proteger informação privada com passwords e limitar o acesso a informação sensível apenas a quem precisa desses dados são bons pontos de partida
  • Crie uma política de uso da internet, de gestão e de partilha da informação e divulgue-a junto dos colaboradores. Se todos souberem como agir e cumprirem todas as recomendações, a empresa estará menos vulnerável a ataques informáticos.
cibersegurança

Torne mais difícil fazerem-se passar por si ou pela sua empresa

  • Comunique de forma consistente e personalizada. Deixe claro quais são os contactos de referência e comunique através deles, utilize o mesmo design e tipo de letra nas suas comunicações e defina assinaturas padrão para toda a empresa
  • Comunique alterações com antecedência e através dos canais habituais. Por exemplo, se alterar o email de onde envia faturas e confirma pedidos ou se mudar os contactos ou canais para apoio ao cliente
  • Confirme antes de pagar. Se receber informação de fornecedores sobre a alteração de IBANs para pagamento de faturas verifique, usando os contactos oficiais, que essa conta é válida.
Estagiários

A maioria das empresas depende de terceiros para oferecer produtos e serviços, aumentando o número de potenciais vítimas de fraudes

Alvo

Nos ataques às cadeias de fornecimento, o criminoso identifica o alvo com a segurança online mais vulnerável e obtém acesso aos seus sistemas

Pequena empresa

O objetivo é chegarem até outras empresas da cadeia

Minimize riscos e resolva problemas

  • Defina como pretende armazenar a informação e os seus padrões de segurança
  • Avalie o risco dos seus fornecedores com regularidade e a forma como asseguram a segurança das informações
  • Mantenha o seu negócio sob controlo. Procure saber mais sobre regras de cibersegurança online.
  • Estabeleça um processo que permita alertá-lo em caso de ataque
  • Assegure que tem um plano para dar continuidade ao negócio até que o problema esteja resolvido
  • Efetue uma auditoria de segurança aos seus sistemas
  • Altere as passwords de todas as contas e programas que partilhou com o terceiro afetado.

Caso a sua empresa seja diretamente afetada, notifique os restantes membros da cadeia de fornecedores.

Raio

O que são?

São ataques tecnológicos geralmente direcionados aos colaboradores com acesso aos serviços financeiros da empresa.

Pagamento de serviços

Qual o objetivo?

Com o objetivo que a vítima efetue pagamentos.

Participação de danos

Qual o meio utilizado?

Acontecem essencialmente por email, mas também via chamadas, mensagens de texto e redes sociais.

watch list Santander

Como?

O primeiro passo é a identificação do alvo e a recolha de informação pública disponível (websites pessoais, empresariais e redes sociais).

Outras linhas de crédito

E depois?

Com a informação é planeado o ataque com o objetivo de apropriação dos pagamentos.

Resolva riscos e proteja-se de fraudes

  • Conheça a sua pegada digital. Verifique a informação sobre si e o seu negócio que está em acesso público na internet. Demasiada informação pública representa riscos acrescidos
  • Pense antes de clicar ou responder. Antes de tomar qualquer decisão pondere e averigue. Pode desta forma identificar o phishing
  • Verifique a informação. Utilize canais alternativos para confirmar pedidos suspeitos. Por exemplo: no caso de uma chamada, desligue e ligue para o número que surgiu no visor.
Desktop

Mantenha os sistemas operativos atualizados e use sempre as versões mais recentes de programas e aplicações

cibersegurança

Defina regras rigorosas para a criação de palavras-passe e, sempre que possível, use a autenticação multi-fator

Internacional

Proteja a rede Wi-Fi da sua empresa usando uma Rede Privada Virtual (VPN)

seguro obrigatório

Nunca aceda a dados da empresa através de redes Wi-Fi públicas ou desprotegidas

Equipa

Dê formação regular sobre cibersegurança a todos os seus colaboradores

Clientes Santander

Dê acesso a equipamentos, aplicações e informações de negócio apenas aos colaboradores que precisam deles para desempenhar as suas funções

Sem garantias

Limite o acesso à internet, bloqueando sites potencialmente perigosos ou desnecessários para o contexto do seu negócio

Ransomware

O que deve fazer quando lhe pedem resgates para voltar a ter acesso à sua informação.

Vírus Cavalo de Troia

Quando se abre uma porta indesejada para a informação sobre o seu negócio.

Fui vítima de fraude. Como contacto o Santander?

  • SuperLinha

    +351 217 807 364

    De Portugal e do estrangeiro (custo de chamada para a rede fixa nacional)

    Atendimento 24h, todos os dias

    superlinha Santander