Partilhamos a angústia destes tempos difíceis e de grande incerteza, por isso queremos estar ao seu lado e ajudar a gerir o seu dinheiro.

Nesse sentido, reunimos um conjunto de dicas para garantir que se encontra bem preparado para gerir as suas finanças, da forma mais simples, prática e segura.

Se é Cliente Empresa carregue aqui.

  • Dica #1 | Conheça as medidas adotadas pelo Banco para o ajudar

    Caso tenha sido afetado financeiramente pelo Covid-19, implementámos um conjunto de medidas para regularização e redução dos seus encargos mensais. Entre outras, destacam-se as seguintes:
    • Possibilidade de solicitar o adiamento das suas prestações de crédito
    • Isenção de comissões nas transferências a Crédito SEPA+ e imediatas na App ou NetBanco, até 30 de abril
    • Gratuitidade na funcionalidade “Enviar dinheiro” no MB WAY da Wallet da App, até 30 de abril

    Conheça todas as medidas excecionais que o Banco adotou a pensar em si .

    Tentaremos, sempre que possível, encontrar soluções adequadas às suas circunstâncias específicas para mitigar o impacto do Covid-19.
  • Dica #2 | Privilegie a utilização dos meios digitais

    Através da App Santander ou do NetBanco, pode realizar transferências, pagamentos, carregamentos de telemóvel, consulta de movimentos, entre outras operações, a qualquer momento, no conforto da sua casa. Consulte em Vantagens App e Netbanco algumas das operações que pode realizar através dos meios digitais.

    Para que continue a realizar as operações do dia-a-dia com maior comodidade, todas as transferências a Crédito SEPA+ e imediatas, realizadas através do NetBanco ou da App, estão isentas de comissões até 30 de abril. Também a funcionalidade “enviar dinheiro" por MB Way na Wallet da App será gratuita durante este período.

    Os pagamentos isentos de comissões referem-se, apenas, a pagamentos efetuados no EEE em euro.

  • Dica #3 | Memorize o seu código de acesso

    App Santander: Se já tiver códigos de acesso, pode utilizá-los. Caso contrário, faça o registo diretamente na App e comece a utilizá-la de imediato. Se já tiver códigos de acesso, pode utilizá-los. Se já não se recordar dos seus códigos de acesso, ou se os tiver bloqueado, terá de criar um novo registo diretamente na App.

    NetBanco: Crie o seu registo de acesso. Se tiver dúvidas sobre como fazê-lo, poderá consultar os vídeos que preparámos para o ajudar nesse processo. Se já não se recordar dos seus códigos de acesso, ou se os tiver bloqueado, consulte esta página para ficar a saber como poderá recuperá-los.

  • Dica #4 | Saiba mais sobre o acesso condicionado dos balcões

    Caso não consiga realizar a operação que pretende através da App ou do NetBanco, antes de sair de casa, consulte o novo horário do seu balcão.

    Como consultar o novo horário do balcão mais próximo de si?

    1. 1
    2. 2
      Coloque o endereço, cidade ou código postal (ao lado de filtros) e
    3. 3
      Selecione o balcão que pretende em ‘detalhe completo’.

    Nesta página poderá, também, encontrar a informação sobre os serviços financeiros disponibilizados nesse balcão.

    Recordamos que os balcões estão, temporariamente, com acesso condicionado, pelo que pedimos que aguarde a sua vez no exterior até ser chamado e mantenha a distância recomendada.

  • Dica #5 | Utilize o seu telemóvel ou os cartões contactless para fazer pagamentos em estabelecimentos comerciais

    Já conhece a Santander Wallet?

    Uma nova e intuitiva experiência de pagamento que lhe permite fazer compras de forma segura, através da App Santander no seu telemóvel, em qualquer parte do mundo.

    Depois de aderir, sempre que tenha necessidade de realizar um pagamento num estabelecimento comercial, abra a App Santander e escolha, no menu principal, “Wallet”, depois “Pagar” e faça a leitura do QR Code que aparecer no terminal de pagamento automático da loja ou aproxime o seu telemóvel para usar a tecnologia NFC (disponível para telemóveis com o sistema operativo Android).

    Além de fazer compras, na Santander Wallet poderá, também, enviar dinheiro, para os seus contactos, através da funcionalidade MB Way. Saiba como utilizar a Santander Wallet aqui.

    Algum dos seus cartões já está equipado com a tecnologia contactless?

    Agora já pode realizar pagamentos, até 50€ (novo montante máximo aprovado para este período), com o seu cartão sem ter de introduzir o respetivo PIN. Demora menos de 5 segundos e só precisa de aproximar o Cartão ao terminal de pagamento automático da loja (na 1ª compra é necessário introduzir o PIN). O Cartão não precisa de sair da sua mão e fica mais protegido. Veja como beneficiar com o contactless aqui.

  • Dica #6 | Mantenha-se alerta

    Poderão continuar a ocorrer fraudes, neste período, pelo que deverá manter o cuidado habitual para detetar alguma atividade suspeita, incluindo mensagens sobre o COVID-19.

    Recordamos que o Santander não pergunta o seu PIN, ou passwords de acesso, para movimentar dinheiro da sua conta.

  • Dica #7 | Fale connosco sempre que precisar

    Se tiver algum problema na gestão financeira do seu dinheiro ou no acesso aos meios digitais, nós poderemos ajudá-lo. Evite deslocações desnecessárias aos balcões (encontram-se, atualmente, com acesso condicionado) e entre em contacto connosco através do seu Gestor ou nos seguintes contactos:

    Ligue para a SuperLinha

    De Portugal
    • De Portugal e do estrangeiro
      customer support Atendimento 24h, todos os dias.

    Siga-nos nas Redes Sociais. , Instagram, Linked In, e Youtube.

  • Dica #8 | Proteja-se e cuide de si

    Acompanhe todas as novidades sobre as medidas de prevenção excecionais adotadas pelo Governo para a contenção do Covid-19 em covid19estamoson.gov.pt. Adicionalmente, este website disponibiliza todas as informações para apoiar os cidadãos, famílias e empresas no combate aos efeitos causados pelo Covid-19, disponibilizando todos os apoios, e documentação necessária, para a efetivação dos seus direitos e respondendo a todas as dúvidas que possam, eventualmente, surgir.

    Informe-se e siga as recomendações da Direção Geral de Saúde (DGS) em covid19.min-saude.pt.