Idioma

Banco Santander Totta

Está em:

Bolsas para estudar no estrangeiro e prémios

O Santander apoia os estudantes universitários

  • Bolsas de Estágio Santander Universidades

    Programa de estágios remunerados de 3 meses destinado a alunos finalistas e recém-formados de universidades portuguesas.
    Concorre já!

     
  • Bolsas Santander Futuro 2019/2020

    As Bolsas Santander Futuro 2019/2020 destinam-se a apoiar estudantes universitários com recursos económicos limitados – inscritos numa Instituição de Ensino Superior beneficiária de mecenato do Banco Santander e aderente ao programa – e que estejam determinados a prosseguir ou terminar um ciclo da carreira académica.
    Estas bolsas, num valor que pode ascender a mil euros, têm como objetivo contribuir para uma estabilidade financeira potenciadora de um melhor desempenho escolar dos beneficiários.
    O mérito escolar é um dos principais critérios, assim como a necessidade de apoio financeiro para os universitários poderem prosseguir os estudos no 1º e 2º ciclo do ensino superior. O facto de o candidato estar a estudar numa universidade localizada a mais de 50 km da sua residência ou a existência de um quadro de necessidades especiais educativas, são outros critérios de elegibilidade que podem ser escolhidos pelas instituições que participam no programa.
    Período de candidaturas para o ano letivo 2019/2020: 21 a 29 de novembro. Inscrições online aqui

     
  • Bolsas Santander Global

    As Bolsas Santander Global são bolsas de mobilidade global dirigidas a alunos com mérito académico que necessitem de apoio económico para participar ou complementar outros programas de mobilidade, como por exemplo, o programa Erasmus. Têm o valor de 500 a 1000 euros e estão dirigidas a estudantes de nacionalidade portuguesa.
    Período de candidaturas: 11 de novembro a 13 de dezembro.

     
  • Bolsas Santander Ibero-Americanas

    As Bolsas Santander Ibero-Americanas são para alunos que queiram fazer um semestre num país latino-americano e têm um valor pecuniário de 2 300 euros. Um dos seus principais objetivos é contribuir para o desenvolvimento do Espaço Ibero-Americano de Conhecimento através do intercâmbio de estudantes universitários. Neste momento, participam mais de 320 instituições de ensino superior portuguesas neste programa que traz anualmente a Portugal mais de 500 estudantes brasileiros e de outros países ibero-americanos.
    Período de candidaturas: 1 de dezembro a 31 de dezembro.